Blogs

Dramalhão das seis

Novela Jorge Jesus-Benfica-Flamengo-Paulo Sousa-Polônia-Cuca-Atlético Mineiro é roteiro novelístico de reality show de quinta categoria com atores de primeiro nível

Por Mauro Beting

Cuca deixa o Galo multicampeão

Cuca deixa o Galo multicampeão

Cuca fora do Galo é péssimo para o Atlético Mineiro e triste para o treinador que mais uma vez precisa cuidar dos seus. Força a ele.

Jorge Jesus seria ótimo nome para o clube, que o desejava antes mesmo do Flamengo, em 2019. A questão é que o português quer trazer toda a comissão técnica dele, o que o Galo não quer por já ter um grupo estabilizado fora de campo.

Saindo em "comum acordo" depois de incomuns desacordos dentro e fora de campo no Benfica, e com vários problemas em todos os bancos possíveis e impossíveis, JJ vira excelente nome para o Atlético. E segue o seu sebastianismo na Gávea, refém do sucesso espetacular no segundo semestre de 2019.

Se ele for para Belo Horizonte, ainda mais com o Flamengo com-sem treinador acertado, a adoração vira uma "infidelidade" com fedor de "deslealdade".

O resultado, para abusar das imagens cinematográficas, é uma saída de trem da estação com Marcos Braz no vagão de primeira classe de mãos dadas com Paulo Sousa (depois de tudo que ele fez para encerrar seu vínculo com a federação polonesa...), e Jorge Jesus chegando esbaforido correndo no terminal, acenando para o trem, e gritando "me dá cincum minutinhos!". Braz coloca a cabeça para fora da janela e solta momentaneamente a mão de Paulo. Neste momento, um drone mandado pelos Menin chega sobre o trem anunciando as intenções atleticanas para toda a estação ouvir...

Perdão pela barra forçada. Mas não sou eu quem inventa nada além do novelão que a cada dia ganha novos personagens e núcleos - ricos, e cada vez mais.

O que se sabe agora, menos de uma hora depois da saída de Jorge Jesus, é que realmente se tem uma pessoa em toda a história que mostrou TODA a vontade manifesta sem blefar é Paulo Sousa, que criou uma confa federal ao assumir a bronca e a treta com a Polônia para assumir o Flamengo.

Esse não escondeu o jogo. E pode ficar sem jogo.

No mais, parece faltar esperteza a quem a arrota. Ou a quem poderia ter esperado um pouco mais. Até minha mãe sabia que JJ tinha grande chance de não vestir mais a camisa encarnada depois do jogo com o Porto. E saiu antes mesmo de entrar em campo.

O que vai ser?

Nem quem acha que sabe tudo tem alguma certeza.

Mas ainda acho que Jorge Jesus volta.

Comentários