Blogs

Inter de Limeira 0 x 0 Santos - O que dava

Demora para as equipes entrarem em ritmo de jogo. E mais ainda para o Santos, sobretudo com a expulsão de Pirani no final do primeiro tempo.

Por Mauro Beting

João Paulo, de novo, o craque santista

João Paulo, de novo, o craque santista

A Inter de Limeira de Pepe eliminou o Santos na semifinal do SP-86 e foi campeã vencendo o Palmeiras. Desde então não venceu mais o rival no Paulistão. 

No primeiro tempo chocho no Limeirão, o time de Vinicius Bergantim, no 4-4-2 básico, teve duas chegadas perigosas. E só. Mas foi mais do que o Santos de Fábio Carille, que montado no mesmo 3-4-2-1 do final do BR-21(com 6 vitórias, 3 empates e duas derrotas), não criou chance alguma. E ainda perdeu Pirani expulso, por entrada dura, aos 50 minutos.

Marinho fazia falta. Marcos Leonardo estava isolado. Pirani não conseguia armar. Madson passava pouco. O ex-Inter Lucas Braga, em seu centésimo jogo pelo Santos, não abria o jogo. Os volantes Zanocello e Camacho marcavam pouco e não armavam. 

Na segunda etapa, o Santos até chegou duas vezes com um a menos, armado no 3-5-1. Mas a Inter teve 6 chances, e mais uma vez João Paulo segurou as pontas, a bronca e a pressão.

Foi o possível, ainda mais com Angelo só entrando aos 43.

Mas ainda não significa nada.

Comentários