Blogs

Manchester City 1x0 Atlético de Madrid: De Bruyne desata o nó

Gol do meia belga foi decisivo para o resultado mínimo da partida

De Bruyne foi o fator decisivo na partida(Getty Images)

De Bruyne foi o fator decisivo na partida | Getty Images

O jogo foi o que era o esperado: City com mais de 70% de posse, procurando espaço para finalizar, com o desafio de manter a concentração para não permitir chance para o adversário. O Atlético com uma linha de cinco e os outros cinco negando espaços e tentando ser efetivo ao recuperar a bola.

CLIQUE AQUI E ASSINE A HBO MAX PARA ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE!

Os dois times foram eficientes só na primeira metade da tarefa. Nem o City aproximou seus jogadores para criar o sonhado espaço, nem o Atleti foi eficiente ao buscar as transições.

O desfecho do jogo caminhava para um 0 a 0, que seria doce para o Atlético de Madrid, até que Guardiola tirou Phil Foden do banco. O garoto de ouro do City estava inspirado e em meia-hora, baguncou o sistema defensivo do adversário. E criou a jogada do gol do alívio, atraindo dois na direita, para o gênio De Bruyne, liberado entrelinhas, atacar o espaço na área para bater cruzado.

Cadeado aberto. Nó desatado. Na capacidade criativa de Foden, na precisão de De Bruyne. E o City vai para Madri com uma ótima vantagem, pelas circunstâncias do confronto.

 
Veja os melhores momentos da vitória do Manchester City sobre o Atlético de Madrid
Comentários