Blogs

Menos um motivo para tentar diminuir Messi

Não que um título de Copa América com a seleção mude o patamar em que Messi está na história do futebol, mas é um peso gigante tirado das costas

Messi bateu na trave algumas vezes, mas hoje grita é campeão com a Argentina

Messi bateu na trave algumas vezes, mas hoje grita é campeão com a Argentina

Você que gosta de diminuir o melhor jogador desta geração, o mais capacitado, o mais genial e o mais inventivo perdeu um motivo hoje: Lionel Messi é campeão com a camisa da Argentina. Aconteceu. Acabando com um jejum de 28 anos, dentro do Maracanã. A Copa América é da Argentina!

Messi foi muito mal na decisão, apenas uma arrancada no primeiro tempo e um gol grotescamente perdido, tropeçando no nada diante de Éderson. Mas foi o melhor jogador do torneio, nas atuações e nos números (4 gols e 5 assistências) e tirou o peso de uma jamanta das costas. E vibrou como se fosse um garoto em início de carreira. Após várias decisões,  vai erguer um troféu com a sua seleção. Para quem achava que ele era indiferente, significa muito para ele.

Pessoalmente, tenho certeza de que ganhar a Copa América, tirando o rótulo de nunca ter vencido com sua seleção, não muda o patamar de Messi na história do futebol. Ele já estava lá, bem no alto, brigando com os maiores de todos os tempos. Mas para quem achava isso imprescindível, está aí conquistado, contra o maior rival, dentro do mítico Maracanã (tá bom, não precisava ser no Maracanã... E é curioso que não seria, mas alguns brasileiros fizeram questão!).

Messi feliz é fazer quem ama o futebol feliz. Os Deuses do Futebol estão felizes também! E você, que sempre tentou diminuir Messi por nunca ter vencido com a Argentina, agora vai dizer que ele não tem Copa do Mundo. Esperado...

Comentários