Blogs

Neymar x Messi atrai a atenção, mas 8as da Champions são mais do que isso

Confronto PSG x Barcelona movimenta os holofotes, especialmente pelo confronto entre o brasileiro e o argentino, mas não é o melhor em nível técinco nesta Liga dos Campeões

Por Vitor Sérgio Rodrigues

Champions League volta com seu mata-mata a partir de 16 de fevereiro

Champions League volta com seu mata-mata a partir de 16 de fevereiro

O reencontro de Neymar com Lionel Messi e o Barcelona é a notícia de maior repercussão do sorteio dos confrontos das oitavas-de-final da Champions League, que foi realizado nesta segunda-feira em Nyon, na Suíça. Por tudo que envolve a relação entre os dois craques e os dois clubes, esse duelo acabou ganhou muito destaque, mas as bolinhas nos reservaram muitas disputas interessantes.

Além de Neymar ter saído do Barcelona da forma que saiu para ir ao PSG, na janela de transferências seguinte ao histórico 6 a 1 que eliminou o clube de Paris na temporada 16/17, recentemente o brasileiro sacudiu o noticiário ao dizer que sonha atuar novamente ao lado de Messi. Automaticamente começaram os rumores de que o PSG poderia tentar a contratação do argentino, que queria sair do Barça nesta temporada, mas acabou ficando.

Vamos analisar cada um dos duelos que foram sorteados nesta segunda, lembrando que os jogos decisivos começam em 16 de fevereiro, daqui a mais de dois meses. Ou seja, como já virou tradição na Champions, as análises feitas agora podem ser bem imprecisas considerando a melhora e a piora das equipes de agora até o meio de fevereiro...

Borussia Monchengladbach x Manchester City
O time alemão acabou passando um aperto desnecessário e ficando em segundo no grupo do Real Madrid e cruza de novo com o City (estiveram no mesmo grupo nas duas edições anteriores). A velocidade e o jogo vertical do Monchengladbach são uma ameaça a um City que tem problemas para se defender pelos lados do campo. Mas o trabalho mais maduro, mais testado e com jogadores de mais qualidade faz com que o City seja favorito.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: City.
Quem eu acho que vai passar: City.

Lazio x Bayern de Munique
De volta ao mata-mata da Champions após quase 20 anos, mesmo tendo feito tudo para ser eliminada pelo Brugge na partida final, a Lazio teve um “azareio”: pegou o atual campeão Bayern de Munique. Mesmo tendo muitos problemas de lesão e com uma instabilidade na defesa, o Bayern passeou na fase de grupos. Considerando que os machucados vão se recuperar e o time vai evoluir até fevereiro, é muito difícil imaginar a Lazio, menos eficiente e sólida do que nas temporadas anteriores, consiga ameaçar a equipe alemã. É um duelo interessante também por dois dos maiores artilheiros do futebol mundial na atualizado: Lewandowski x Immobile.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: Bayern.
Quem eu acho que vai passar: Bayern.

RB Leipzig x Liverpool
Duelo que tem tudo para ser de uma intensidade incrível, com dois times muito agressivos, com muitas características em comum. Os dois times têm oscilado muito na temporada, mas o Liverpool tem sofrido muito com lesões. Se o duelo fosse agora, eu acho que o RB Leipzig teria vantagem, turbinado pela ótima fase de Angeliño, Sabitzer, Nkunku e Haidara. Faltando dois meses para fevereiro, com os Reds podendo recuperar alguns jogadores importantes (menos Van Dijk), acho que a equipe inglesa tem mais solidez e volume de jogo para avançar em fevereiro. Potencialmente, pode ser o melhor confronto de todos.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: RB Leipzig.
Quem eu acho que vai passar: Liverpool.

Atlético de Madrid x Chelsea
O duelo de maior contraste, entre um time com um técnico que busca mudar a forma de jogar, o Atlético de Madrid, contra uma equipe cujo o técnico que fazer um time com muitas caras novas encontrar seu ritmo ideal. É o típico duelo que Simeone adora, passando o favoritismo para o outro lado, jogando a primeira em casa e construindo a história de superação, mesmo tendo um João Félix evoluindo e agora Suárez. Há dois anos não funcionou contra a Juventus, mas deu muito certo na temporada passada contra o Liverpool. O Chelsea reúne mais talento, com Werner, Havertz, Ziehcy, entre outros, mas vai precisar diminuir o número de erros, especialmente no jogo na capital espanhola. Outro grande confronto!

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: Chelsea.
Quem eu acho que vai passar: Atlético de Madrid.

Porto x Juventus
Um duelo com o favoritismo para a Juventus, seja pelo poderio do elenco quanto pela margem de evolução da equipe de Turim, maior do que pode melhorar a equipe portuguesa até fevereiro. Espera-se que o trabalho de Pirlo, compreensivelmente irregular até aqui, cresça nesse período de dois meses, especialmente na organização da fase ofensiva, para se aproveitar ainda mais da capacidade de Cristiano Ronaldo. Mas é importante lembrar que o Porto já começou a reagir no Campeonato Português, foi muito bem na fase de grupos e sempre é um time muito difícil de ser batido. Na temporada passada a Juventus caiu sendo bem favorita contra o Lyon.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: Juventus.
Quem eu acho que vai passar: Juventus.

Sevilla x Borussia Dortmund
Um duelo imprevisível, considerando que as duas equipes não fazem uma grande temporada. Até por isso o Dortmund demitiu o técnico Lucien Favre nesta semana. A equipe espanhola tem mais conjunto, mas vem sentindo falta de Banega na armação. Além de sofrer com a irregularidade, como levar de 4 a 0 de um misto do Chelsea em casa e perder três seguidas e depois ganhar três seguidas no Espanhol. O Dortmund tem mais jogadores capazes de decidir na frente, em especial Haaland e Sancho, e tem muito a evoluir com um novo treinador.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: Sevilla.
Quem eu acho que vai passar: Dortmund.

Atalanta x Real Madrid
É um duelo entre dois times que pioraram em relação à temporada passada. A Atalanta segue buscando o controlo da posse e sendo agressiva o tempo todo, mas já não é eficiente como a equipe que ficou muito perto da semifinal da Champions. Além de ter problemas de relacionamento, com destaque para um atrito forte entre o técnico Gian Piero Gasperini e Papu Goméz, o melhor jogador da equipe, que deve ser negociado em janeiro. O Real Madrid é uma incógnita grande: pode se apresentar como um time frágil que sofre demais em qualquer transição, como pode ser a equipe recheada de grandes jogadores como Sergio Ramos, Kroos, Modric e Benzema e se impor em qualquer partida. Vamos ver como os dois times evoluem nesses dois meses, mas o Real, em tese, é favorito.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: Real Madrid.
Quem eu acho que vai passar: Real Madrid.

Barcelona x PSG
Sem dúvida é o confronto de maior holofote, mas está longe de ser o duelo de melhor nível técnico. O Barcelona é um time com graves problemas coletivos, com uma fragilidade defensiva grande, um alto nível de posse de bola, mas pouquíssima capacidade de construir jogadas de perigo e segue dependendo excessivamente de Messi. O PSG chega com mais força, especialmente pela capacidade de agredir o gol adversário por causa de (principalmente) Neymar e Mbappe, mas também tem tido muita dificuldade coletivamente. É um time que defende muito mal em velocidade e tem sofrido na saída de bola. Pelo cenário hoje, o PSG completo é favorito. É difícil projetar que o Barça consiga melhorar tanto assim até fevereiro, ainda mais considerando que nada pode ser modificado no clube de forma significativa no clube até 24 de janeiro, data da eleição presidencial no clube.

Quem eu acho que ganharia se o confronto fosse agora: PSG.
Quem eu acho que vai passar: PSG.

Comentários