Blogs

Quanto vale uma conquista? 

Às vezes, resumimos o valor de uma vitória olímpica tão somente à obtenção da medalha. Porém, existem conquistas que são muito maiores do que o prêmio

Por Larissa Carvalho

Rebeca Andrade conquistou nesta quinta-feira (29) a medalha de prata no individual geral da ginástica artística | Getty Images

Rebeca Andrade conquistou nesta quinta-feira (29) a medalha de prata no individual geral da ginástica artística | Getty Images

Para além das notas, dos resultados visíveis, das estatísticas e das recompensas materiais, existe um simbolismo que permeia a subida de Rebeca ao topo. Hoje, ela deixou de ser somente o nosso grande orgulho para se tornar a maior inspiração e referência para tantas pequenas sonhadoras espalhadas por este Brasil.

Meninas negras, que por vezes são marginalizadas em regiões periféricas e ignoradas pelo Estado, puderam se reconhecer em Rebeca, que tem origem humilde e começou a praticar o esporte em um projeto social. Com pai ausente, ela e mais seis irmãos foram criados e sustentados pela mãe, dona Rosa, empregada doméstica. 

Hoje a assistimos brilhar em Tóquio. Mas saibamos todos que essa luz, reluzente na medalha de prata, clareou também os olhinhos de muitas meninas e acendeu uma chama positivamente feroz de esperança no coração de cada uma delas. Assim como Daiane dos Santos inspirou Rebeca, hoje, Rebeca dá uma continuidade linda a essa história. Estamos falando de representatividade.

O choro de Daiane dos Santos, que revelou recentemente casos de racismo sofridos no esporte, foi por um sentimento que ultrapassa o espetáculo que assistimos. Ela sabe - e nós também - que Rebeca Andrade conquistou um legado.

Comentários