Blogs

Segurança pública e futebol: tiroteio no entorno do estádio Moacyrzão

Quando o futebol é interrompido por barulhos que não vêm da torcida, nem dos fogos comemorativos, nem do apito do juiz, mas sim, dos disparos com arma de fogo, é preciso relembrar que o esporte não anda às margens da violência urbana – e nem da política social 

Por Larissa Carvalho

É possível perceber o constraste da localização do estádio: ao fundo, o mar e a beleza natural; no entorno, as construções urbanas da comunidade(Rui Porto Filho/Prefeitura Municipal de Macaé)

É possível perceber o constraste da localização do estádio: ao fundo, o mar e a beleza natural; no entorno, as construções urbanas da comunidade | Rui Porto Filho/Prefeitura Municipal de Macaé

O futebol não está à margem das questões políticas e sociais da sociedade. O que acontece fora das quatro linhas do campo reflete diretamente na desenvoltura do esporte mais amado do Brasil. O município de Macaé, no interior do estado do Rio de Janeiro, provou isso na tarde desse domingo (31), quando uma partida de futebol que ocorria no estádio Moacyrzão precisou ser interrompida por causa de sons que não eram do apito do juiz, mas sim, de balas de armas de fogo. 

De um lado, o Serra Macaense. Do outro, o Carapebus. Unidos na corrida desesperadora em busca de um refúgio para se protegerem dos tiros que não cessavam. Segundo o Supervisor de Futebol do Carapebus, Daniel Bueno (28), os disparos duraram cerca de 20 minutos. 

No início, até pela adrenalina do jogo, foi difícil de identificar logo de cara que eram tiros, pensamos que poderiam ser fogos ou algo do tipo. Depois, devido à sequência e intensidade do barulho, tivemos a real noção", relatou Daniel.

Ele é quem aparece inicialmente jogando água na coxa direita do goleiro, mas logo em seguida procura se esconder e puxa o jogador junto, para protegê-lo. No vídeo da transmissão da partida, divulgado pelo canal do Serra Macaense, é possível acompanhar essas imagens por volta de 1 hora e 25 minutos:

O goleiro que aparece recebendo atendimento médico é o Guilherme da Silva, de 19 anos. Com exclusividade à TNT Sports, ele revelou ter vivido "um momento estranho", e acrescentou que nunca havia acontecido algo parecido com ele antes. 

Em contato com nossa reportagem, a Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que policiais do 32º Batalhão de Macaé foram atacados a tiros por criminosos na região da comunidade Nova Holanda. Uma das entradas para a comunidade, conforme nos contou Daniel, é na rua ao lado do Moacyrzão.

A impressão que dava é que era dentro do estádio. Foi a primeira vez que aconteceu isso comigo e espero que última. Não me recordo de nenhuma situação parecida."

"Nossa primeira reação foi se abrigar, mas depois fomos para os vestiários", concluiu Daniel. A PM informou que, ao fim da operação, "o terreno foi estabilizado" e "não houve prisão, apreensão ou relato de ferido." Também reforçaram que o policiamento foi intensificado na área. 

Durante a transmissão, o narrador e o comentarista falaram sobre um dos tiros ter acertado o estádio. A PM não respondeu nossa reportagem sobre essa informação, nem avaliaram a possibilidade de não efetuar operações policiais durante jogos no Moacyrzão.

A partida entre Serra Macaense x Carapebus, válida pelo Campeonato Carioca B1 sub-20, precisou ser suspensa, assim como o jogo do Carioca Feminino que aconteceria em seguida. Segundo o Diretor de Futebol do Carapebus, Max Douglas Tavares, a PM e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) auxiliaram a saída dos atletas e demais funcionários em segurança.

Foi muito assutador, parecia filme de ficção. Espero não ter que voltar lá para dar continuidade ao jogo", desabafou. 

À TNT Sports, a FERJ apontou para a possibilidade de o jogo continuar em outro lugar, mas reiterou que ainda será decidido, junto ao Departamento de Competições, uma alternativa para as equipes. 

O Estádio Claudio Moacyr de Azevedo (Moacyrzão) pertence à prefeitura do município e já recebeu jogos da Série A do Campeonato Carioca. O Flamengo, por exemplo, mandou jogos no local em 2015 e 2016.

Comentários