Blogs

Supercampeã, a Argentina ganha moral pro Qatar

Seleção argentina bateu a Itália por 3 a 0, em Wembley e conquistou a Supercopa 

Argentina conquistou a Supercopa após bater a Itália em Wembley(Getty Images)

Argentina conquistou a Supercopa após bater a Itália em Wembley | Getty Images

A Argentina que não ganhava um troféu desde 1993 ganhou o segundo em menos de um ano. Depois da Copa América dentro do Maracanã, ganhou essa "Supercopa" que foi criada (ou recriada) na dobradinha Uefa-Conmebol. A conquista veio num atropelamento por 3 a 0 sobre uma impotente Itália, campeã da Euro e fora da Copa de 2022, em Wembley.

Mais do que a taça, levantada com muita festa por Lionel Messi (que jogou muito bem!), fica a atuação argentina. Sufocante desde o início, praticamente não sofreu perigo (apenas uma cabeçada mais perigosa de Belotti) e a partir do meio do primeiro tempo, com uma movimentação intensa e bem executada do quarteto de frente formado por Lo Celso, Messi, Di María e Lautaro, construiu a vitória. O atacante da Inter recebeu a bela assistência de Messi e abriu o placar aos 28 minutos. Na última bola do primeiro tempo, Lautaro puxou o contra-ataque pela esquerda e serviu para Di María, na sua característica, cavar.

Na etapa final, a Argentina dominou completamente, perdeu umas três boas oportunidades (duas com Messi, que fez um bom duelo com o companheiro de time Donnarumma) e só foi aumentar no fim, em outra assistência de Messi, para Dybala bater cruzado. Uma noite de conquista em Londres, mas a melhor notícia para os argentinos é que o time está encorpando pensando no Qatar. A Argentina vai chegar com moral...

Comentários