Brasileirão

Rodrigo Caetano se pronuncia após derrota do Atlético-MG e cobra critério: 'Tem só pra alguns'

Dirigente se mostrou irritado com a atuação do VAR e afirmou que alguns times são beneficiados

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Rodrigo Caetano pelo Atlético-MG(Divulgação / Atlético-MG)

Rodrigo Caetano pelo Atlético-MG | Divulgação / Atlético-MG

O Atlético-MG foi derrotado por 2 a 1 de virada pelo Atlético-GO e se manteve na liderança com os mesmos 56 pontos que já somava. O Flamengo, vice-líder, desperdiçou chance de encurtar mais a distância e empatou em 0 a 0 com o Cuiabá, no Maracanã, ficando com 10 a menos: 46. Após a derrota atleticana, Rodrigo Caetano quis fazer um pronunciamento depois da coletiva do técnico do Cuca, onde criticou a arbritragem.

O mandatário cobrou critério dos árbitros brasileiros, além de explicações da comissão de arbitragem. Ele também disse que existe critério para alguns times, mas para o Galo, não. Veja na íntegra o que ele disse:

Ex-Internacional, ele lembrou da disputa pelo título brasileiro no ano passado, quando viu o Flamengo ser campeão. O juiz da partida de hoje é o mesmo que expulsou Rodinei naquela oportunidade, e o cartola levantou suspeitas, e disse que espera que seja 'apenas incompetência'.

Tivemos nesses dois jogos, no mínimo cinco pênaltis pra darem dois. Espero que seja apenas incompetência, nada além disso, mas esse cidadão que apitou o jogo hoje foi o mesmo que apitou Flamengo x Internacional no ano passado, onde ele foi chamado pelo VAR e expulsou o Rodinei no primeiro tempo. Esse ano somos nós que estamos nessa disputa. Quanto mais tentarem, mais fortes seremos."

O Atlético-MG tem o Cuiabá como próximo adversário no Brasileirão, mas antes, entra em campo pela semifinal da Copa do Brasil contra o Fortaleza na próxima quarta-feira (20), às 21h30 (de Brasília), no Mineirão.

Comentários