Champions League

Champions League: Real e Liverpool gastaram mais de R$ 6 bilhões na montagem dos elencos

Tanto espanhóis quanto ingleses desembolsaram mais de R$ 3 bilhões em contratações nas últimas temporadas 

Por Isaac Simões

Liverpool e Real Madrid gastaram mais de R$ 3 bilhões em contratações(Getty Images)

Liverpool e Real Madrid gastaram mais de R$ 3 bilhões em contratações | Getty Images

Real Madrid e Liverpool não pouparam esforços para aumentar a qualidade de seus elencos. Finalistas da Uefa Champions League desta temporada, os dois clubes montaram uma base estruturada nas temporadas passadas e procuram trazer peças pontuais nas janelas de transferências mais recentes.

CLIQUE AQUI E ASSINE A HBO MAX PARA ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE!

Na comparação entre os dois times, o Real Madrid é quem aparece com maior gasto na montagem de seu grupo, apesar de atualmente ter um valor de mercado inferior ao dos Reds. O fato se dá pela desvalorização de algumas peças que chegaram ao Santiago Bernabéu rodeadas de expectativa, mas ficaram devendo dentro de campo.

É o caso de Eden Hazard, que os merengues desembolsaram, em 2019, cerca de 115 milhões de euros (quase R$ 500 milhões, na cotação da época) para tirar o atacante belga do Chelsea. Contudo, o jogador nunca conseguiu se firmar na Espanha e se desvalorizou ao longo dos anos.

Você acompanha a decisão da Champions entre Liverpool e Real Madrid no próximo sábado (28), a partir das 13h30 (horário de Brasília) ao vivo na TNT e na HBO Max.

Real Madrid

Para montar o grupo atual comandado por Carlo Ancelotti, o Real Madrid gastou 724, 9 milhões de euros, o equivalente a mais de R$ 3,7 bilhões na cotação atual. Vale destacar que o levantamento feito pela TNT Sports engloba somente atletas que disputaram a Champions nesta temporada, utilizando valores do site especializado em mercado 'Transfermarkt'.

Foram 24 atletas utilizados pelo Real nesta edição da Champions League. Destes, somente Nacho Fernández e Federico Valverde vieram das categorias de base do clube, enquanto Alaba é o único que chegou sem custos.

JOGADOR VALOR GASTO (em euros)
Courtois 35 milhões
Carvajal 6,5 milhões
Militão 50 milhões
Alaba sem custos
Mendy 48 milhões
Casemiro 6 milhões
Modric 35 milhões
Kroos 25 milhões
Vini Jr. 45 milhões
Rodrygo 45 milhões
Benzema 35 milhões
Vallejo 5 milhões
Nacho  base
Marcelo 6,5 milhões
Valverde base
Vázquez 1 milhão
Ceballos 16,5 milhões
Isco 30 milhões
Camavinga 31 milhões
Hazard 115 milhões
Asensio 3,9 milhões
Jovic 63 milhões
Bale 101 milhões
Mariano

21,5 milhões

TOTAL

724,9 milhões (R$ 3,7 bilhões)

 
Real Madrid 3x1 Manchester City: Rodrygo faz milagre e Real vai à final da Champions League

Liverpool

A exemplo do Real Madrid, o Liverpool também investiu e trouxe jogadores para reforçar o grupo nesta temporada, como Luis Díaz que custou aos cofres do clube 47 milhões de euros (quase R$ 240 milhões na cotação atual). O time de Anfield também tem jogadores importantes para Jürgen Klopp vindos da base da equipe, como o lateral Trend Alexander-Arnold, Henderson.

Ao todo, os Reds tiveram 23 jogadores atuando na Champions em 2021/22, que ajudaram a colocar o time em sua terceira final da competição dentro de um período de apenas quatro anos. O valor total gasto para montar o elenco à disposição de Klopp gira em torno de 616 milhões de euros (pouco mais de R$ 3 bilhões atualmente), valor um pouco menor em relação ao Real Madrid.

JOGADOR VALOR GASTO (em euros)
Alisson 62,5 milhões
Alexander-Arnold base
Van Dijk 84,65 milhões
Konaté 40 milhões
Robertson 9 milhões
Fabinho 45 milhões
Henderson base
Keita 60 milhões
Mané 41,2 milhões
Salah 42 milhões
Firmino 41 milhões
Diogo Jota 44,7 milhões
Thiago 22 milhões
Joe Gomez 4,9 milhões
Tsimikas 13 milhões
Matip sem custos
Milner sem custos
Chamberlain 38 milhões
Curtis Jones base
Minamino 8,50 milhões
Luis Díaz 47 milhões
Origi 12,63 milhões
Elliot base
TOTAL 616 milhões (R$ 3,1 bilhões)

 
Villarreal 2x3 Liverpool: Veja os melhores momentos da classificação do Liverpool à final da Champions League
Comentários