Eliminatórias

Argentina pode ser punida com W.O. e até excluída das Eliminatórias

Se a Fifa considerar que Argentina abandonou o campo, 'Hermanos' podem sofrer derrota por W.O. e, em última instância, ser eliminada das Eliminatórias Sul-Americanas

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Lionel Messi, antes do jogo contra a Seleção Brasileira(AFP via Getty Images)

Lionel Messi, antes do jogo contra a Seleção Brasileira | AFP via Getty Images

A paralisação da partida entre Brasil e Argentina, neste domingo (05), na Neo Química Arena, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, pode custar caro para os visitantes. Isso porque os Hermanos podem ser até eliminados pela Fifa da competição qualificatória.

Caso a entidade máxima do futebol considere que os argentinos saíram de campo e se recusaram a jogar, a seleção pode sofrer uma derrota por 3 a 0, por W.O. Em última instância, porém, o texto da regra dita que até mesmo a exclusão pode ocorrer. Caso isso aconteça, o país automaticamente não se classificaria para a Copa no Qatar.

Segundo o presidente em exercício da Confederação Brasileira de Futebol, Ednaldo Rodrigues, a Anvisa, logo após paralisar o confronto para retirar os jogadores irregulares de campo, avisou que o jogo poderia recomeçar, e os atletas seriam deportados logo após o embate. Mesmo assim, os argentinos decidiram sair de campo e suspender a partida.

Neste domingo (5), a Anvisa realizou uma reunião com as autoridades em saúde e confirmou, após consulta dos passaportes dos argentinos Martinez, Buendia, Lo Celso e Romero, que os atletas descumpriram regra para entrada de viajantes no Brasil. Pessoas com passagem por Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia estão impedidas de ingressar em solo brasileiro.


Após a entrada dos representantes da Anvisa em campo, a equipe da Argentina saiu de campo e se dirigiu aos vestiários.

Comentários