Eliminatórias

Diretor da Anvisa diz que jogadores argentinos 'precisam ser deportados'

Argentinos Martinez, Buendia, Lo Celso e Romero descumpriram regra para entrada de viajantes no Brasil, e Anvisa paralisou a partida

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Brasil x Argentina foi paralisado após entrada de membro da Anvisa(2021 Getty Images)

Brasil x Argentina foi paralisado após entrada de membro da Anvisa | 2021 Getty Images

A partida entre Brasil e Argentina, neste domingo (05), na Neo Química Arena, válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, foi paralisada após a entrada de um integrante da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedindo a suspensão do jogo, que não mais deverá ocorrer.

Em entrevista à 'TV Globo', o Diretor-Presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, afirmou que os argentinos Martinez, Buendia, Lo Celso e Romero devem ser multados e até mesmo deportados de volta para o país por conta do descumprimento da regra para entrada de viajantes no Brasil. 

"Eu não tenho conhecimento da lei desportiva, não posso opinar nisso. O que sei do aspecto sanitário é que esses quatro jogadores precisam ser deportados do Brasil, serão obviamente autuados e multados. Esses quatro estão descumprindo o regulamento sanitário brasileiro e quem tem a atribuição de punir e zelar somos nós", disse Torres.

Após a entrada dos representantes da Anvisa em campo, a equipe da Argentina saiu de campo e se dirigiu aos vestiários.

Comentários