Eliminatórias

Fifa apura confusão causada em Brasil x Argentina, e CBF e AFA viram alvos

Segundo apuração da TNT Sports, CBF e AFA podem acabar sendo, juntas, declaradas culpadas pela confusão envolvendo os jogadores argentinos irregulares, que causaram a paralisação do jogo por parte da Anvisa

Avatar del

Por Rodrigo Fragoso

Seleção Brasileira ficou no gramado após a paralisação do jogo contra a Argentina(2021 Getty Images)

Seleção Brasileira ficou no gramado após a paralisação do jogo contra a Argentina | 2021 Getty Images

O confuso Brasil x Argentina, na Neo Química Arena, que seria jogado no último domingo (05), pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Qatar, segue tendo seus desdobramentos internamente.

A partir da próxima temporada, você assiste a TODOS os jogos da Champions AO VIVO no HBO MAX! Clique aqui e assine!

Segundo apurou a reportagem da TNT Sports, a discussão é se o abandono de jogo da Argentina é merecedor de punição isoladamente ou se a culpa é da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por toda a celeuma causada no jogo pela falta de coordenação com a Anvisa. 
 

Os componentes relatados também estão sendo analisados, como o vestiário trancado da Argentina, que na teoria impediu a ação antes do início do jogo. Se isso não houvesse ocorrido, geraria um impacto visual menor no espetáculo, já que tudo se resolveria antes de a bola rolar, e a FIFA não teria de lidar com cenas de um jogo interrompido.

Outro componente analisado é a mentira documental para entrar no Brasil. Os jogadores Emiliano Martínez, Emiliano Buendía, Giovanni Lo Celso e Cristian Romero teriam forjado seus documentos e infringido regulamentação para entrada de pessoas vindas do Reino Unido para o Brasil.

A sensação neste momento na FIFA é de que, em certa medida, AFA e CBF são culpadas pelo ocorrido de ontem. Ninguém é tratado como vítima nas conversas que rolam internamente. As partes devem ser convocadas para se defender no Julgamento pelo Comitê Disciplinar da FIFA.

A entidade precisa definir se e quem teve culpa, as consequências, se será dado W.O. contra os argentinos ou se a partida será jogada de novo. Dessa instância, ainda cabe recurso ao Comitê de Apelação da FIFA. E depois dele, por fim, ao TAS.

Comentários