Imagem ilustrativa na TNT Sports

É agora que a história é escrita! Assista a TODOS os jogos do mata-mata da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Futebol Brasileiro

Advogada de John Textor, CEO do Botafogo, renuncia à causa por conflito de interesse

Luciana Lopes defendia mandatário do Glorioso em processos do STJD e o São Paulo, um dos clubes citados por ele 

Por Redação da TNT Sports

Dono da SAF do Botafogo, John Textor vai ser julgado mais uma vez no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nas próximas semanas. A advogada Luciana Lopes renunciou à defesa do americano para evitar conflito de interesses, pois ela atendia anteriormente o São Paulo, citado pelo dirigente americano em novas denúncias de manipulação no futebol brasileiro.

Luciana já defendeu Textor em outras duas oportunidades no ano passado. Quando conseguiu um habeas corpus, após ser suspenso das últimas rodadas do Brasileirão 2023 e no julgamento após criticar o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ednaldo Rodrigues.

John Textor, dono da SAF do Botafogo alegou que a partida entre Palmeiras e São Paulo no Brasileirão de 2023, que foi vencida pelo Alviverde por 5 a 0, foi manipulada. O mandatário afirmou, em nota, que "de acordo com especialistas e inteligência artificial, a partida teria sido manipulada por ao menos cinco jogadores do São Paulo". Além disso, indicou que "sete jogadores mostraram desvios anormais em situações cruciais de gols".

Mais Vistas