Futebol Brasileiro

Árbitro relata xingamentos por parte de dirigentes do Flamengo: 'Apita essa porr* direito, filho da put*'

Na súmula, árbitro Paulo Roberto Alves Junior destaca xingamentos vindos da arquibancada por parte de Rodolfo Landim, Marcos Braz e Cacau Cotta

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Árbitro Paulo Roberto Alves Junior relatou xingamentos na súmula I Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Árbitro Paulo Roberto Alves Junior relatou xingamentos na súmula I Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

O Flamengo venceu o Santos com facilidade por 4x1, neste domingo (13), no Maracanã, mas o Rubro-Negro pode ter uma dor de cabeça nos próximos dias. Na súmula da partida, o árbitro Paulo Roberto Alves Junior relatou xingamentos proferidos a ele vindos da arquibancada por parte de Rodolfo Landim (presidente do clube carioca), Marcos Braz (vice de futebol) e Cacau Cotta (diretor de relações externas).

"Aos 35' minutos do 1º tempo, a equipe de arbitragem ouviu insultos vindos da arquibancada, na área onde se encontravam os seguintes dirigentes da equipe do C.R. Flamengo: Sr. Rodolfo Landim, Sr. Marcos Braz e Sr. Cacau Cotta, havia outros dirigentes, os quais não foi possível identificar. Foram proferidas as seguintes palavras: 'Tá de sacanagem', 'Foi falta, seu arrombado', 'Apita essa porr* direito, filho da put*'".

O Flamengo e a CBF ainda não se manifestaram oficialmente sobre o caso, mas há a possibilidade de o Rubro-Negro ser punido por causa do incidente. O clube carioca volta a campo para encarar o Bahia, no próximo domingo (20), às 18h15 (de Brasília), no Maracanã, em partida válida pela 26ª rodada do Brasileirão.

Comentários