Futebol Brasileiro

Atacante Ribamar cobra quase R$ 1,5 milhão do Vasco na Justiça

Cobrança é referente a salários atrasados, 13º e férias proporcionais, além de premiações não pagas, FGTS, verbas rescisórias, multas e indenizações

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Ribamar deixou o Vasco no dia 22 de fevereiro de 2020 I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Ribamar deixou o Vasco no dia 22 de fevereiro de 2020 I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

No fim de dezembro, o Vasco anunciou que não iria estender o contrato do atacante Ribamar. Dois meses depois da saída, o atleta decidiu cobrar salários atrasados e outros direitos trabalhistas na Justiça. Ao todo, o processo, em fase inicial, tem valor estimado em R$ 1.428.990,00, de acordo com o relatado pela defesa do atleta. A informação foi divulgada inicialmente pelo 'ge'.

A cobrança é referente a salários atrasados (outubro, novembro e dezembro de 2020), 13º e férias proporcionais, além de premiações não pagas (por vitória em partidas da Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileirão), FGTS, verbas rescisórias, multas e indenizações. 

O Cruz-Maltino já foi notificado sobre o caso, mas ainda não se manifestou oficialmente. A ação corre na 17ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro e foi distribuída no último dia 10 de fevereiro. Ribamar, atualmente no Pyramids, do Egito, deixou o Gigante da Colina no dia 22 de dezembro de 2020. Ao todo, foram 8 gols marcados em 64 jogos pelo clube carioca.

Comentários