Futebol Brasileiro

Boavista, de Portugal, sofre 'transfer ban' da Fifa por dívida com zagueiro

Clube português não pagou dívida por Adil Rami, zagueiro francês que atuou pelo clube na temporada 2020/21

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Adil Rami em ação pelo Boavista, de Portugal(Getty Images)

Adil Rami em ação pelo Boavista, de Portugal | Getty Images

O Boavista, de Portugal, está impossibilitado de fazer contratações de jogadores após sofrer uma sanção da Fifa por conta de uma dívida envolvendo o zagueiro Adil Rami, que atuou pelo clube durante a temporada 2020/21.

De acordo com a 'RMC Sport', a equipe portuguesa ainda deve 200 mil euros (pouco mais de R$ 1 milhão) ao defensor de 38 anos, que está atualmente no Troyes, de seu país natal. Isso fez com que a Fifa notificasse o Boavista sobre a proibição - recentemente, Santos e Cruzeiro sofreram 'transfer ban' por dívidas parecidas.

Pelo clube de Portugal, Rami entrou em campo apenas 22 vezes, sem marcar nenhum gol. Antes, ele passou por Lille, Valencia, Milan, Sevilla, Olympique Marseille, Fenerbahçe e Sochi, além de ter defendido a seleção da França, conquistando o título da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Comentários