Futebol Brasileiro

Brusque x Vasco é marcado por lances polêmicos, erro do VAR e desabafo de Castan

Primeiro tempo do duelo teve expulsão de Léo Matos e dois gols anulados do time catarinense: um deles com erro no traçado da linha feita pelo árbitro de vídeo

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Léo Matos foi expulso no duelo com o Brusque(Foto: Beno Kuster Nunes/AGIF/Gazeta Press)

Léo Matos foi expulso no duelo com o Brusque | Foto: Beno Kuster Nunes/AGIF/Gazeta Press

O VAR segue dando o que falar no futebol brasileiro. E ainda de maneira negativa. Na noite desta sexta-feira (24),o jogo entre Brusque e Vasco foi marcado por diversos lances polêmicos. A ferramenta, inclusive, foi a origem de um desabafo do zagueiro Leandro Castan na saída para o intervalo.

Somente no primeiro tempo, três momentos com intervenção do árbitro de vídeo chamaram atenção. O Brusque, time da casa, teve dois gols anulados, um deles com erro no traçado feito pelo VAR. O tento, que aparentemente era para ser validado, foi anulado pela arbitragem. 

Antes do lance supracitado, a reclamação havia sido dos vascaínos, que não se conformaram com a expulsão do lateral Léo Matos. O jogador recebeu cartão vermelho direto após o VAR recomendar a revisão de uma disputa de bola dele com um atleta adversário. Nela, Léo acabou acertando involuntariamente o braço em seu rival. 

"O VAR sempre prejudica o Vasco.  O VAR contra a gente é um leão. A favor é um gatinho. Tem que jogar com a mão amarrada. Vamos jogar tênis então, que não pode ter contato", afirmou o capitão Leandro Castan ao 'Canal Premiere' no intervalo de confronto.

Veja os lances abaixo:

Comentários