Futebol Brasileiro

CBF ameaça retirar jogos de Pernambuco após invasão de campo no jogo do Santa Cruz

Partida entre Náutico x Vasco, no domingo (24), corre risco de não ocorrer. Presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) vai enviar ofício para garantir presença de PMs dentro do estádio

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Após eliminação do Santa Cruz na Copa do Nordeste, torcedores invadiram o gramado I Foto: Rafael Vieira / AGIF / Gazeta Press

Após eliminação do Santa Cruz na Copa do Nordeste, torcedores invadiram o gramado I Foto: Rafael Vieira / AGIF / Gazeta Press

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou um ofício à Federação Pernambucana de Futebol, nessa quinta-feira (21), ameaçando retirar todas as partidas a serem realizadas no estado, caso não haja a garantia da presença de policiais militares na segurança dentro dos estádios. O documento foi assinado pelo diretor de competições da entidade, Manoel Flores.

Com isso, a partida entre Náutico e Vasco, no próximo domingo (24), nos Aflitos, pela 31ª rodada da Série B, corre o risco de não ser realizada. A CBF tomou a atitude após a invasão do gramado da Arena de Pernambuco por parte de torcedores do Santa Cruz, na última terça-feira (19). Na ocasião, o clube pernambucano foi eliminado para o Floresta, na fase classificatória da Copa do Nordeste.

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) respondeu que, para o jogo do Santa Cruz, designou 48 PMs para a segurança interna da Arena e outros 80 para a área externa. A secretaria ainda destacou que a segurança da partida é de responsabilidade “da entidade da prática desportiva detentora do mando do jogo e de seus dirigentes”.

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, deve enviar um mandato de segurança junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco para garantir a presença da Polícia Militar na segurança dentro do gramado. Náutico e Vasco, que se enfrentarão no domingo (24), não se manifestaram oficialmente sobre o assunto.

Comentários