Futebol Brasileiro

CBF faz homenagem a Pelé e disputa passa a se chamar Supercopa Rei

Disputa passa a levar o nome de Edson Arantes do Nascimento, o Rei do Futebol

Kelly Cristina, filha do pelé (esq), Ednaldo Rodrigues (meio) e Flávia Cristina filha do pelé (dir)
Kelly Cristina, filha do pelé (esq), Ednaldo Rodrigues (meio) e Flávia Cristina filha do pelé (dir) (Créditos: Bruno Spada / CBF)

Por Redação da TNT Sports

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta quarta-feira (31) que a disputa que reúne o campeão da Copa do Brasil e o do Brasileirão, passa a se chamar, Supercopa Rei em homenagem ao maior jogador de todos os tempos: Rei Pelé.

O jogo será neste domingo (04) às 16h, entre Palmeiras, campeão brasileiro, e São Paulo, que venceu a Copa do Brasil. A partida será realizada no Mineirão, Em Belo Horizonte-MG.

Em divulgação no site da CBF, o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, falou sobre a escolha do rei para o nome da cometição.

O Pelé merece todas as homenagens. O seu legado será sempre reverenciado pela CBF. A Supercopa Rei é uma maneira de dar ainda mais importância para a competição, que abre oficialmente a temporada do futebol brasileiro e já caiu no gosto nosso torcedor", afirmou o mandatário.

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, fez história jogando por Santos, Seleção Brasileira e no fim da carreira, no New York Cosmos, dos Estados Unidos. Entre vários feitos, o milésimo gol marcado em 1969, jogando no Peixe e o tricampeonato do mundo em 1970 pelo Brasil. O apelido de Rei do Futebol, veio ainda no primeiro mundial conquistado em 1958, na Suécia. Na época, os franceses o nomearam assim, após ele encantar com a Seleção tendo apenas 17 anos.

Mais Vistas