Futebol Brasileiro

Cássio fala sobre possibilidade de jogar somente no Corinthians: 'sou grato, mas prefiro viver ano a ano'

Para o goleiro, o futebol é 'muito rápido' e o melhor é se dedicar ao momento atual

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Cássio é um dos maiores ídolos do clube alvinegro(Getty Images)

Cássio é um dos maiores ídolos do clube alvinegro | Getty Images

O goleiro Cássio, que está no Corinthians desde 2012 e é um dos maiores jogadores da história do clube, falou sobre seu futuro vestindo a camisa alvinegra. Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (30), o atleta ressaltou que tem vínculo com o clube até o fim de 2022, mas que prefere viver ano a ano.

Quer assistir a jogos exclusivos do Brasileirão 2021 por apenas R$13,90/mês? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

"Sou jogador do Corinthians com contrato até o final do ano que vem. Devo muito ao clube, sempre me dediquei muito, nunca me escondi em situações, fico feliz de ser lembrado como sou, pelos títulos conquistados, mas sei que no futebol a coisa é muito rápida. A gente vê situações de jogadores em outros lugares que fizeram tanto pelo clube e que foram esquecidos. Sou honesto: se amanhã o Corinthians achar que não sirvo mais, seguirei minha vida. Serei sempre grato, mas prefiro viver ano a ano", declarou Cássio.

Tem ex-jogadores que trabalham no clube e têm um tratamento muito legal, e vejo jogadores às vezes esperando algo: 'Fui embora e o clube não fez nada por mim'. Acho que somos empregados, se não estamos correspondendo, a coisa pode acontecer assim. Em muitas áreas as pessoas são demitidas. Então prefiro viver o ano a ano, me dedicar ao momento. Não sei o que pode acontecer no futuro. Fico feliz de olhar para trás, pelo carinho da torcida perante a mim, pelo respeito por tudo o que fiz. E tem muita coisa boa que a gente pode conseguir ainda, muitos feitos, mas prefiro viver o momento", completou o goleiro.

Vestindo a camisa do Timão, Cássio traçou uma trajetória vitoriosa com os títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012, além de uma Recopa Sul-Americana, dois Campeonatos Brasileiros e quatro taças do Paulistão.

O goleiro já soma 517 jogos defendendo o Corinthians e é considerado pela torcida um dos maiores do clube, ao lado do ídolo alvinegro Ronaldo Giovanelli.

 
Tiago Nunes diz que período no Corinthians não definirá sua qualidade como treinador
Comentários