Futebol Brasileiro

Conmebol assume erro de arbitragem na partida entre Fluminense e Cerro Porteño

Segundo a entidade, "o VAR checou o lance em um ângulo muito fechado e deixou de levar em conta um defensor (Samuel Xavier)", que garantia a legalidade do gol 

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

A equipe de arbitragem encobriu Samuel Xavier, no canto inferior esquerdo da tela, que dava condições de gol ao adversário | Reprodução/Conmebol

A equipe de arbitragem encobriu Samuel Xavier, no canto inferior esquerdo da tela, que dava condições de gol ao adversário | Reprodução/Conmebol

Nessa terça-feira (14), o Fluminense venceu o Cerro Porteño por 2 a 0 , no Paraguai, em jogo de ida pelas oitavas de final da Libertadores. Porém, o placar vem sendo questionado, após o VAR anular incorretamente um gol dos donos da casa. 

A equipe de arbitragem errou ao considerar que o jogador cerro portenho estava impedido pois fechou o ângulo de visão da imagem e acabou escondendo o Samuel Xavier da tela. O atleta do Fluminense dava condições a todos os demais jogadores e o gol seria legal. Veja o vídeo:

A Conmebol se pronunciou sobre o erro e disse:

"O VAR checou a jogada com um ângulo muito fechado, deixando de levar em conta um defensor que está na parte inferior da tela para a colocação de linhas virtuais. Esse defensor habilitaria todos os atacantes, caracterizando um erro na decisão final"

Apesar de reconhecer o erro, a entidade afirmou que não há chances de alterar o resultado do jogo. 

Comentários