Futebol Brasileiro

Conmebol confirma final da Libertadores sem público

Partida será disputada no estádio do Maracanã no dia 30 de janeiro com portões fechados

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Maracanã será o palco da grande final desta edição da Libertadores(Julian Finney/Getty Images)

Maracanã será o palco da grande final desta edição da Libertadores | Julian Finney/Getty Images

A Conmebol divulgou nesta terça-feira (05) que a grande final da Libertadores, a ser disputada em jogo único no estádio do Maracanã no dia 30 de janeiro, será realizada com portões fechados.

Em comunicado oficial, a entidade reforçou que vem tomando todos os cuidados necessários, mas que a situação atual não permite a entrada de espectadores. A decisão foi tomada em conjunto pelos presidentes da Conmebol e CBF.

O duelo da grande final ainda não está definido. River Plate e Palmeiras disputam uma vaga na final, enquanto Boca Juniors e Santos disputam o outro lugar na grande decisão.

Veja abaixo, na íntegra, o comunicado da Conmebol sobre a final da Libertadores:

A final única da CONMEBOL Libertadores, prevista para 30 de janeiro no Rio de Janeiro, será disputada sem a presença de espectadores, como vem ocorrendo nos mais de 2100 jogos disputados nos torneios locais no Brasil, desde a volta do Futebol. A medida foi adotada em comum acordo pelo Presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, y o Presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo.

A atual situação de pandemia COVID 19, ainda em expansão na América do Sul, não permite a realização de um evento desta magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida. A resolução é coerente com a posição declarada pela CONMEBOL desde o início da pandemia no sentido de trabalhar pelo retorno das competições no continente, porém tomando os máximos cuidados para preservar a saúde de todos os membros da família do futebol sul-americano.

Pela segunda vez na história, a CONMEBOL Libertadores será definida através de uma final única, desta vez tendo como sede o lendário estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Comentários