Futebol Brasileiro

Conmebol reduz a pena de Rodolfo outra vez e atleta está liberado para voltar a jogar pelo Fluminense

Goleiro tem recuso aceito pela entidade e pode atuar novamente após cumprir um ano e sete meses de suspensão

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Rodolfo atuando com a camisa do Fluminense contra o Botafogo(Thiago Ribeiro/AGIF)

Rodolfo atuando com a camisa do Fluminense contra o Botafogo | Thiago Ribeiro/AGIF

O Fluminense tem um “novo” reforço no gol para o restante da temporada. Rodolfo, que estava suspenso após ser pego no doping, foi liberado pela Conmebol e pode voltar a jogar pelo time carioca depois de um ano e sete meses fora dos gramados. O atleta teve recurso aceito pela Comissão Disciplinar da Conmebol. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal ‘O Globo’ e pelo portal 'GE' e confirmada pela reportagem do Esporte Interativo. 

O goleiro, que tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2021, estava suspenso após testar positivo no exame antidoping para o principal metabólito da cocaína, a benzoilecgonina, e proibida pelo doping - já que pode aumentar o rendimento físico do atleta em campo. 

A última partida do atleta foi no dia 23 de maio de 2019, na vitória dos cariocas por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional de Medellín, da Colômbia, pela Copa Sul-Americana. Após a partida e o julgamento, Rodolfo pegou três anos de suspensão e conseguiu reduzir a pena em maio de 2020. A liberação do atleta ocorre após novas determinações da Agência Mundial Antidoping (WADA) para 2021.

O Fluminense entra em campo nesta quarta-feira (13), às 21h30 (de Brasília), contra o Corinthians. A partida será na Neo Química Arena e vale pelo Campeonato Brasileiro.

Comentários