Futebol Brasileiro

Conselheiros do Palmeiras são chantageados com informações confidenciais e clube aciona polícia

A assinatura de e-mail que tentou extorquir membros do Conselho Deliberativo do Palmeiras fez o mesmo com o Conselho Deliberativo do São Paulo

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

O e-mail recebido pelos conselheiros do Palmeiras

O e-mail recebido pelos conselheiros do Palmeiras

Na noite da última quarta-feira (23), a reportagem do Esporte Interativo apurou que todos os 285 conselheiros do Palmeiras receberam um e-mail exigindo o depósito de R$ 1.050 em bitcoins para que informações sigilosas do clube não fossem vazadas. O chantageador se identifica como Edward Lorenz, mesma assinatura de um e-mail que também assustou conselheiros do São Paulo no ano passado.


O e-mail de título "BALANÇOS E DOCUMENTOS DO PALMEIRAS" continha a relação completa dos dados de todos os conselheiros do clube com o objetivo de atestar que tinha acesso a informações mais importantes do Palmeiras. Para facilitar o processo, havia também recomendações de sites com os quais o conselheiro poderia fazer o câmbio do seu dinheiro para bitcoin. 

A reportagem do  Esporte Interativo teve acesso ao e-mail de extorsão

A gestão do Palmeiras foi imediatamente notificada da tentativa de extorsão virtual e enviou a todos os membros do Conselho Deliberativo um SMS pedindo que ninguém abrisse o e-mail do intitulado Edward Lorenz e, se já houvesse visto a ameaça, não depositasse nenhum dinheiro. Afirmou ainda que o departamento jurídico do clube foi acionado.

A reportagem do  Esporte Interativo teve acesso ao SMS enviado pelo Palmeiras

O pseudônimo Edward Lorenz faz referência ao meteorologista que criou a tese do "Efeito Borboleta" na Teoria do Caos. Ele faleceu em 2008. No São Paulo, em e-mail enviado no dia 22 de novembro de 2019, ele exigia o pagamento de R$ 1 milhão ao todo para não vazar documentos confidenciais.  No Palmeiras, o valor objetivado era de R$ 300 mil com todos os depósitos. Nenhum dado foi exposto até aqui.

Comentários