Futebol Brasileiro

Copa do Brasil: Marcos Braz analisa ABC e diz que não queria enfrentar o Vasco

Vice de futebol do Flamengo afirmou que rival carioca pegou 'a pedreira', mas considera que confronto também será muito difícil para o São Paulo

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo(Rafael Vieira / Agif)

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo | Rafael Vieira / Agif

Nesta terça-feira (22), o sorteio da Copa do Brasil colocou o ABC no caminho do Flamengo nas oitavas da competição. E o vice de futebol rubro-negro, Marcos Braz, analisou o duelo, pregou respeito ao time de Natal, mas afirmou que o clube carioca precisa avançar de fase 'de qualquer maneira'.

"A única coisa que pesa um pouquinho aí é a logística, eu sempre me preocupo com isso. A gente vai jogar no Rio Grande do Norte, mas eu acho que dentro do que a gente poderia pegar, poderíamos pegar uma equipe mais forte. Tem que respeitar o ABC, que eliminou a Chapecoense, time da primeira divisão. Que bom voltar a Natal. É fazer esser jogo como se fosse uma final, tem que passar de qualquer maneira", disse, em entrevista à 'Fla TV'.

Braz também foi questionado sobre um dos grandes embates das oitavas, a ser disputado entre São Paulo e Vasco. O dirigente considera que o arquirrival flamenguista pegou 'a pedreira' no sorteio, mas também enfatizou que, mesmo na segunda divisão, não queria os vascaínos pela frente neste momento.

Vasco pegou a pedreira. São Paulo e Vasco, dois times tradicionais, o Vasco estando na segunda divisão, mas eu não gostaria de pegar o Vasco agora.

 
Buffon fala sobre jogar no Brasil e comenta: 'Me chamaram do Flamengo'
Comentários