Futebol Brasileiro

Cruzeiro poderá jogar com público na Série B após cumprir punição

A Raposa terá que jogar cinco partidas com portões fechados por conta de incidentes na reta final da Série A de 2019

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Mineirão com público antes da paralisação por conta da pandemia de Covid-19(AFP via Getty Images)

Mineirão com público antes da paralisação por conta da pandemia de Covid-19 | AFP via Getty Images

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) publicou nesta quinta-feira (29) uma liberação que autoriza o Cruzeiro a jogar com público na Série B do Campeonato Brasileiro. A decisão foi publicada após um pedido do clube celeste ainda no mesmo dia, mas precisará cumprir punição de cinco partidas sem público antes de poder abrir as portas.

Isso aconteceu depois da prefeitura de Belo Horizonte autorizar presença de torcedores em 30% da capacidade total dos estádios. A CBF, no entanto, não autorizou público em suas competições em um primeiro momento, mas a decisão do STJD entende que a liberação do público em torneios nacionais não depende mais da entidade.

"Não cabe em princípio à Entidade de Administração do Desporto se imiscuir e negar vigência à execução do conjunto de medidas adotadas para a retomada gradual das atividades – inclusive com reflexos na economia – do Estado, por lhe faltar, além de competência, o adequado respaldo técnico e a legitimidade atribuída aos governantes democraticamente eleitos", disse Otávio Noronha, presidente do STJD, sobre depender da CBF ou não.

A decisão foi especificamente para o Cruzeiro, mas em caso de pedido de outros clubes mineiros, é provável que o STJD conceda a mesma permissão quando forem solicitadas. Para isso, esses clubes teriam que fazer como a Raposa e formalizar o interesse, encaminhando para o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva.

Apesar da permissão, o clube irá cumprir punição imposta após os incidentes causados em 2019, principalmente no jogo contra o Palmeiras, quando o clube foi rebaixado para a Série B. Essa punição dá conta de cinco partidas do clube sem público, antes de poder receber seus torcedores.

Os jogos que não devem ter público são contra Londrina (30/7), Vitória (11/8), Sampaio Corrêa (14/8), Confiança (20/8) e Ponte Preta (7/9). A torcida voltaria a poder frequentar partidas diante do Operário, 24ª rodada da Série B, que ainda não tem data. 

Comentários