Futebol Brasileiro

Cuca não garante permanência no Santos e avisa: 'Vai ter que arrumar a casa'

Treinador afirmou que o Peixe vive um momento gravíssimo de crise e revelou que o clube terá que vender mais jogadores para equilibrar as contas

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Cuca deve deixar o Santos após o Brasileirão(Ivan Storti/Santos FC)

Cuca deve deixar o Santos após o Brasileirão | Ivan Storti/Santos FC

O Santos vive um momento de crise na temporada. Sem vencer há cinco jogos no Brasileirão, o time se vê cada vez mais longe da sonhada vaga na Libertadores de 2021. Para o técnico Cuca, porém, os problemas podem ser muito maiores na próxima temporada.

Quer assistir a jogos exclusivos do Brasileirão Séria A? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

Em entrevista coletiva após o empate diante do Atlético-GO, fora de casa, o treinador não garantiu sua permanência para a temporada de 2021 e revelou que o Peixe deve perder mais jogadores após Veríssimo e Pituca.

"Eu sempre jogo aberto, sou muito franco. Quero cumprir meu contrato. Eu vim pelo prazer do trabalho, pelo desafio. Estou muito contente com tudo o que tenho adquirido aqui de retorno, principalmente de jogadores dentro do campo. O Santos hoje vive problemas seríssimos e gravísssimos. Tem duas ou três 3 punições da Fifa para serem pagas, dívidas com jogadores para serem pagas. E não tem receita para isso.

O que é a receita? Venda de jogadores. Daqui a pouco vai ter que vender mais um ou dois. E não vai ser para contratar, vai ser para pagar as contas".

"A próxima temporada o pessoal vai ter que arrumar a casa, e você não vai arrumar a casa pondo a mobília, que são os jogadores, tem que arrumar a estrutura. O torcedor é Santos, quer competir. Não pense que as derrotas não vão ter consequência, tanto pro treinador quanto pro emocional com os meninos. Eles com vento a favor é uma coisa, com vento contra é outra. Então a gente tem que pensar nisso com muito carinho. Eu tenho falado, como amigo que sou do presidente e do (José Renato) Quaresma, temos conversado muito sobre isso".

Com o empate em Goiânia, o Santos ficou a seis pontos do Grêmio, primeiro time do G7 e pode ver os concorrentes se distanciarem ainda nesta rodada. O Peixe, no entanto, terá a oportunidade de dar a volta por cima com três jogos seguidos em casa, contra Coritiba, Corinthians e Fluminense.

Comentários