Futebol Brasileiro

Denis Abrahão é apresentado no Grêmio e compara desfalques com Flamengo e Atlético-MG

Novo vice-presidente de futebol do clube gaúcho deu uma entrevista inflamada na tarde desta sexta-feira (15)

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Denis Abrahão em sua coletiva de apresentação no Grêmio(FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

Denis Abrahão em sua coletiva de apresentação no Grêmio | FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O Grêmio vive uma sexta-feira (15) de muitas apresentações. O novo treinador, Vagner Mancini, ainda não foi apresentado, mas o novo vice-presidente de futebol, Denis Abrahão, e o novo diretor de futebol, Sergio Vasques foram apresentados no CT Luiz Carvalho. 

A coletiva ficou muito marcada pelo tom forte adotados pelos novos profissionais e pela decisão que ambos os dirigentes colocaram para o jogo de domingo (17) contra o Juventude, pelo Campeonato Brasileiro, que foi tratado como “a hora da guerra”.

Além disso, Denis explicou que um dos motivos para o baixo rendimento do time foram os desfalques. Para relacionar o assunto, o VP fez relações com importantes jogadores de Flamengo e Atlético-MG que vivem sendo desfalques de ambos os clubes.

“Tira do Flamengo o Gabigol e o Arrascaeta. Tira do Atlético o Hulk, o Nacho. Tira o Geromel e o Kannemann do Grêmio. Acontece o que aconteceu. Os outros zagueiros são fracos? Não… Até se entrosarem, ter ritmo de jogo, não é da noite pro dia, gente.” - afirmou.

Além disso, Abrahão foi muito forte para enfatizar que o Grêmio tem um bom plantel, mas relatou que todos os clubes brasileiros possuem deficiências em seu elenco e não 25 craques. Na frase, ele afirma que até o melhor time do Brasil tem “uma defesa horrível”, mas não afirmou qual clube seria - no Twitter alguns acharam que foi para o Flamengo.

"Vamos questionar qualidade de (jogador) A, B ou C? Ah, vamos parar com essa bobagem! Qual é o clube que tem 25 craques? Todos os clubes têm deficiência. O melhor time do Brasil tem uma defesa horrorosa, na minha maneira de ver. É o melhor time do Brasil, mas tem uma defesa horrorosa. Então, unanimidade no futebol não existe." - relatou.

Veja algumas reações:

Comentários