Futebol Brasileiro

Diretor do São Paulo revela dívida de cerca de 8 milhões de reais com Daniel Alves

Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, revelou que a situação financeira do clube é preocupante e que dívida em Daniel Alves é entre 8 e 9 milhões de reais

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Daniel Alves é o camisa 10 e um dos principais jogadores do São Paulo(Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Daniel Alves é o camisa 10 e um dos principais jogadores do São Paulo | Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo tem uma dívida entre 8 e 9 milhões de reais com Daniel Alves. A revelação foi feita pelo diretor de futebol do clube, Carlos Belmonte, que revelou que o montante é pelo não pagamento dos direitos de imagem referentes ao ano de 2020.

Quer assistir a todos os jogos da Champions League e a maior cobertura do Campeonato Italiano? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

"Esperamos que o Daniel Alves vá ficar. Há dívida do São Paulo com ele e estamos buscando pagar. O São Paulo deseja ficar com o Daniel Alves. Claro que temos essa situação a resolver que está em aberto, reconstruir a questão financeira. Mas se conseguirmos isso, o Daniel fica. Tivemos uma conversa longa com o Daniel e ele sempre demonstra o total desejo de continuar no São Paulo. Ele é um profissional acima de tudo absolutamente comprometido, isso eu posso garantir a vocês. (Sobre a dívida) Não houve o pagamento no ano passado de alguns direitos de imagem, ela está girando na casa de 8 a 9 milhões", afirmou em entrevista à 'Rádio Bandeirantes'.

Belmonte também revelou a importância de Daniel Alves nos bastidores da equipe e afirmou que a avaliação da diretoria e da comissão técnica sobre o jogador é excelente, garantindo ainda que todos entendem que o camisa 10 tem rendido em campo o que se espera dele.

"A nossa avaliação dele é a melhor possível. Um jogador absolutamente comprometido, um jogador mundial, conhecemos a história dele e o que ele agrega com essa experiência. É um dos primeiros a chegar e o último a ir embora, se dedica o tempo inteiro. É um jogador de grupo e, ao meu ver e da comissão técnico, um jogador que entrega o que se espera dele em campo. A posição dele, com Crespo, foi alterada, o técnico tem jogado com três zagueiros e o Daniel Alves como um primeiro volante um pouco diferente, como contra o Santos, com o Nestor e o Sara mais a frente. Mas ele faz qualquer uma das funções do meio campo e faz muito bem. Consideramos o Daniel Alves fundamental", completou.

 
Bonucci reconhece pressão que Juventus sofre: 'Você é obrigado a vencer'
Comentários