Futebol Brasileiro

Em Boletim de Ocorrência, Santos acusa torcida organizada de ataque ao ônibus

Peixe relatou que ônibus da equipe foi atacado com "foguetes, pedras e coquetel molotov" e que aproximadamente 15 torcedores invadiram o Centro de Treinamento

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Santos lutou contra o rebaixamento no Campeonato Paulista(Ivan Storti/Santos FC)

Santos lutou contra o rebaixamento no Campeonato Paulista | Ivan Storti/Santos FC

O Santos registrou, na segunda-feira (11), um Boletim de Ocorrência acusando torcedores organizados de atacarem o ônibus da equipe no último domingo (10), após a vitória por 2 a 0 sobre o São Bento, na Vila Belmiro, que livrou o time do rebaixamento no Campeonato Paulista.

Quer assistir a todos os jogos da Champions League e à maior cobertura do Campeonato Italiano? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

No documento, o advogado representante do Santos, Pedro Felipe Gomes da Silva, relatou uma invasão da Sangue Jovem Santista ao Centro de Treinamentos do clube, ainda no dia 30 de abril, além de ataques com "foguetes, pedras e coquetel molotov" ao veículo que levava os atletas de volta ao local depois do jogo diante da equipe de Sorocaba.

"Aproximadamente 15 torcedores adentraram sem permissão ao local e exigiram a presença de líderes do elenco de jogadores, técnico e preparador de goleiros", diz o texto.

De acordo com o clube, todas as ações foram captadas por câmeras e as imagens serão entregues à Polícia, a fim de prender os agressores. O Peixe cita nominalmente Diego Saul Ramos da Silva, presidente da organizada, como um dos presentes no protesto.

 
Tiago Nunes diz que esteve próximo de acerto com o Santos
Comentários