Futebol Brasileiro

Ex-presidente do Atlético-MG, Sette Câmara provoca Flamengo: 'Clube mais ajudado'

Ex-mandatário atleticano rebate Rodrigo Dunshee, dirigente rubro-negro, nas redes sociais

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Sette Câmara enquanto presidente do Atlético(Bruno Cantini / Atlético-MG)

Sette Câmara enquanto presidente do Atlético | Bruno Cantini / Atlético-MG

A briga pelo título do Brasileirão não está só dentro de campo. Fora dele, os nervos estão se aflorando cada vez mais conforme a reta final da competição vai se aproximando. O Galo lidera o torneio com 56 pontos, 11 há mais que o Flamengo, que tem dois jogos a menos.  No Twitter, o ex-presidente atleticano Sette Câmara rebateu Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral do Flamengo.

Com o episódio envolvendo Rodrigo Caetano na partida contra o Santos, que teria dado chutes e socos na porta da sala do VAR, segundo a súmula da partida, Dunshee cobrou em suas redes sociais, nesta sexta (15), que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) punisse o Atlético com a perda de mandos de campo. 

Com a declaração do dirigente flamenguista, o ex-presidente do clube mineiro contra-atacou os cariocas, dizendo que o clube é o 'mais ajudado em todos os tempos pela arbitragem brasileira.'
Sette Câmara foi presidente do clube alvinegro de 2018 até 2020, e entregou o cargo para Sérgio Coelho, atual mandatário, no dia 4 de janeiro de 2021, quando a temporada passada ainda estava chegando ao fim. 
 
A briga pela taça promete para essa reta final de Brasileirão. O Atlético está em dia com o calendário e já tem 25 jogos, enquanto o Flamengo jogou 23 vezes nesta edição da liga nacional. O próximo adversário do Rubro-Negro é o Cuiabá, no próximo domingo (17), às 20h30 (de Brasília), no Maracanã. Já o Galo viaja até Goiânia para enfrento o Atlético-GO, também no domingo, às 18h15. 
Comentários