Futebol Brasileiro

Flamengo: Gabigol é absolvido pelo STJD após chamar futebol brasileiro de 'várzea'

Atacante foi expulso contra o Internacional, na 15ª rodada do Brasileirão e saiu de campo irritado e criticando o esporte nacional

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Gabigol após ser expulso no jogo contra o Inter(2021 Getty Images)

Gabigol após ser expulso no jogo contra o Inter | 2021 Getty Images

Em meio a tantos desfalques, o Flamengo tem motivo para ficar aliviado. O atacante Gabigol foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nessa quinta-feira (21) e absolvido pelo episódio em que chamou o futebol brasileiro de 'várzea'. Na ocasião, o camisa 9 foi expulso contra o Internacional, no dia 8 de agosto, pela 15ª rodada do Brasileirão, e deixou o campo esbravejando.

O atacante foi punido com um jogo de suspensão por bater palmas ao árbitro depois de ser expulso, no entanto, a suspensão automática já foi cumprida pelo atleta, que está livre para vestir a camisa do Flamengo nas próximas partidas do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pelo próprio Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral do clube carioca.

Apesar de estar judicialmente liberado para atuar, Gabigol saiu com dores da partida da última quarta-feira (20), contra o Athletico, pela semifinal da Copa do Brasil, e ainda será reavaliado para que se entenda suas reais condições de jogo. Recentemente, o artilheiro já desfalcou a equipe para defender a seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do mundo de 2022.

Na súmula da partida em que o Inter saiu vencedor do Maracanã por 4 a 0, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior explicou que o cartão vermelho para Gabigol aos 17 minutos do segundo tempo foi por "bater palmas de forma irônica, por diversas vezes, em direção ao árbitro."

Veja as explicações do juiz na súmula para a aplicação do cartão vermelho seguido do amarelo:

"Chutar a bola para longe ou carregá-la com as mãos depois de o árbitro ter paralisado o jogo - Com a partida paralisada, chutar a bola para longe em forma de protesto contra a decisão da arbitragem."

"Por após receber uma advertência com cartão amarelo, bater palmas de forma irônica, por diversas vezes, em direção ao árbitro. O mesmo atleta, quando saía do campo de jogo proferiu as seguintes palavras: " isso é uma piada! por isso que o futebol brasileiro é essa várzea!"

No dia 9 de agosto, um após o jogo, o atacante foi denunciado no STJD pelo ato e poderia pegar até seis jogos de suspensão. Enquanto aguardava o resultado, ele cumpriu a suspensão automática no jogo contra o Sport, pela 16ª rodada. No dia 17 de setembro, foi decidido que o atleta pegaria dois jogos de suspensão, mas o Flamengo agiu rápido e conseguiu um efeito suspensivo para a partida contra o Grêmio, que foi válida pela 21ª rodada do Brasileirão.

Comentários