Futebol Brasileiro

Flamengo: Hugo admite erros com os pés e nega falha em gol de falta de Luciano

Em entrevista ao podcast 'Ubuntu Esporte Clube', jovem goleiro rubro-negro fez reflexão sobre seu momento e explicou lance em que foi acusado de erro na última rodada do Brasileirão

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Luciano venceu Hugo em cobrança de falta na última rodada do último Brasileirão(Marcello Zambrana / AGIF)

Luciano venceu Hugo em cobrança de falta na última rodada do último Brasileirão | Marcello Zambrana / AGIF

Após virar rapidamente um jogador importante do elenco do Flamengo e cair nas graças dos rubro-negros com a mesmo velocidade, Hugo Souza começou a conviver com erros e críticas, principalmente pelo seu jogo com os pés. Em entrevista ao podcast 'Ubuntu Esporte Clube', do 'ge', ele admitiu suas falhas recentes no quesito.

Hugo afirmou que esta é uma situação nova para ele, já que na base um dos seus pontos fortes era justamente o seu jogo com os pés. O arqueiro de 22 anos, porém, enfatiza que quando você chega ao profissional tudo muda e o 'peso' de um erro é diferente. O jovem deixou claro que se cobra demais e procura absorver ao máximo a sua jornada ao lado de Diego Alves.

"Eu me destacava na base com os pés, mas é tudo diferente no profissional, porque, quando eu errava na base, não tinha o mesmo peso do profissional. Eu me cobro bastante, porque tive erros nesses fundamentos e trabalho para não errar mais. Tenho um cara que trabalha comigo que é referência no jogo com os pés, que é o Diego Alves, então eu tento absorver o máximo possível. Se eu errei nisso, é que eu preciso melhorar, se eu errei, é porque eu preciso trabalhar".

O atleta flamenguista também foi questionado sobre a última rodada do Brasileirão. Nela, sagrou-se campeão brasileiro, mas viu sua equipe perder para o São Paulo por 2 a 1, em gols onde acabou recebendo duros questionamentos. Em um deles, Hugo errou justamente com os pés. Já no outro, onde ele discorda de falha, foi vencido por Luciano em falta da entrada da área.

"Quem está de fora tem uma mentalidade sobre as faltas diferente, falam que, quando chutam no lado do goleiro, não pode entrar. A gente que é goleiro sabe que nem sempre é assim. (Contra o São Paulo) Foi uma falta centralizada, em faltas assim o goleiro tem que escolher um lado para montar a barreira e outro para ficar. Como a falta foi mais para a direita, eu montei a barreira no lado direito e fechei o esquerdo. Eu não escolhi canto, fiz um movimento que é meu, dando um passo para frente e, quando o Luciano bate, eu não consigo mais ver a bola, porque tinha muita gente. Quando vejo, ela já está muito próxima e não consigo alcançar, foi muito bem batida, na bochecha da rede".

 
Convidado do último Lance, Filipe Luís falou sobre a diferente entre Libertadores e Champions League
Comentários