Futebol Brasileiro

Fred é denunciado por agressão, e Fluminense pode perder atacante por até 12 jogos

Jogador será julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por lance contra Ronald, do Fortaleza; veja vídeo

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Fred durante partida contra o Fortaleza, no Maracanã(2021 Getty Images)

Fred durante partida contra o Fortaleza, no Maracanã | 2021 Getty Images

O Fluminense pode ter desfalque importante para a reta final do Campeonato Brasileiro. O atacante Fred, que deferiu golpe no pescoço de Ronald, do Fortaleza, na derrota por 2 a 0 para o clube nordestino na 24ª rodada da competição, foi denunciado por agressão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O lance aconteceu no dia 6 e outubro. Veja o vídeo:

O julgamento acontecerá na próxima sexta-feira (29), às 10h30 (de Brasília) e a sessão será virtual e transmitida no site oficial da entidade. O camisa 9 pode pegar gancho de até 12 jogos de suspensão. Fred não chegou a ser expulso por esse lance durante o jogo, mas o STJD explicou, em seu site oficial, que apesar disso, as imagens mostram a conduta violenta do atacante tricolor. 
Apesar de não ter sido expulso na partida entre Fluminense e Fortaleza, as imagens mostraram as condutas praticadas pelo atacante Fred com o adversário Ronald. Ao tomar o lençol do adversário, Fred desfere um golpe no pescoço de Ronald e, com o adversário caído no chão, puxa com força excessiva a camisa do atleta do Fortaleza"

Segundo a Procuradoria, Fred cometeu dupla infração no lance: "agressão física ao golpear o pescoço do adversário e ato desleal ou hostil ao puxá-lo pela camisa".

No Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), agressão física prevê suspensão de quatro a 12 jogos, enquanto ato desleal, onde o lance protagonizado pelo artilheiro também se encaixa, prevê suspensão de um a três jogos.  

Lesionado, o artilheiro tricolor já vem ficando de fora dos gramados para tratar de uma fissura no dedinho do pé esquerdo. Ele já desfalcou o Tricolor nos jogos contra Corinthians e Athletico, pelo Brasileirão.

Comentários