Futebol Brasileiro

Fredy Guarín, ex-Vasco, se manifesta após episódio de violência doméstica na Colômbia

Colombiano apareceu em vídeo com as roupas ensanguentadas sendo conduzido pela polícia no dia 1º de abril. Em comunicado, volante pediu 'respeito pelos filhos e familiares'

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Guarín atuou pelo Vasco por alguns meses entre 2019 e 2020 I Foto: Jotta de Mattos/AGIF

Guarín atuou pelo Vasco por alguns meses entre 2019 e 2020 I Foto: Jotta de Mattos/AGIF

O volante Fredy Guarín, ex-Vasco e que atualmente atua no Millonarios, da Colômbia, rompeu o silêncio e se manifestou sobre o episódio de violência doméstica em que esteve envolvido no último dia 1º de abril. Segundo publicação do atleta, ele classifica o ocorrido como "uma dessas partidas difíceis" da vida e destaca que algumas versões da história que circulam nas redes sociais "não são verdadeiras".

Hoje enfrento na minha vida uma dessas partidas difíceis, mas tenho certeza que com a ajuda de Deus e de cada um de vocês que acreditam em mim e conhecem minhas ações, seremos vitoriosos".

"Em relação às versões que circulam nas redes sociais sobre o ocorrido, é importante ressaltar que as afirmações que apontam negativamente para minha família não são verdadeiras. Só peço um pouco de respeito por eles, principalmente por meus filhos, que não devem arcar com as consequências de minha exposição pública e de minhas ações".

Em vídeo divulgado pela 'Blu Radio Colombia', Guarín aparece com as roupas ensanguentadas no local que seria a casa de seus pais e sendo retirado da residência por um policial.

Confira vídeo do episódio:

Veja o comunicado de Fredy Guarín:
Comentários