Futebol Brasileiro

Gabigol, Neymar e clubes se juntam para apoiar Bruninho, jovem torcedor do Santos

História do Bruninho, de apenas 9 anos, viralizou quando o pequeno santista pediu a camisa do goleiro Jailson, do Palmeiras, na Vila Belmiro, e foi hostilizado junto com seus familiares no estádio

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Bruninho, de apenas 9 anos, pediu desculpas e foi apoiado por jogadores e clubes I Foto: Reprodução

Bruninho, de apenas 9 anos, pediu desculpas e foi apoiado por jogadores e clubes I Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (9), uma história mobilizou jogadores, clubes e o futebol brasileiro. Tudo começou quando o jovem Bruninho, torcedor do Santos de apenas 9 anos, pediu a camisa do goleiro Jailson, do Palmeiras, de quem é muito fã, após o apito final da vitória do Verdão sobre o Peixe por 2x0, na Vila Belmiro, no último domingo (7).

Após o palmeirense entregar a camisa para a criança, alguns santistas na arquibancada se revoltaram com a atitude e partiram para a violência. O pai de Bruninho chegou a ser agredido por alvinegros na Vila Belmiro. Nesta terça (9), o jovem pediu desculpas em seu Instagram (@bruninho_oficial_b7) por ter pedido a camisa ao atleta palmeirense.

Veja o vídeo:

Após o vídeo viralizar, diversos atletas saíram em apoio a Bruninho e afirmaram que o menino não tinha motivo nenhum para pedir desculpas, já que não fez nada de errado. Gabigol foi um dos primeiros a se manifestar e prometeu uma camisa do Flamengo ao jovem. O Santos prometeu levar o garoto de camarote ao próximo jogo na Vila. Neymar foi outro que apoiou Bruninho:

Você é gigante, menino. (...) É uma criança que é fã do rival. Qual problema nisso?", afirmou Neymar.

Veja algumas manifestações:

Comentários