Futebol Brasileiro

Guarani anuncia demissão do técnico Marcelo Chamusca

Além dele, mais quatro integrantes da comissão técnica foram também demitidos 

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Chamusca não é mais treinador do Guarani(Lucas Almeida, MyPhoto Press/Gazeta Press)

Chamusca não é mais treinador do Guarani | Lucas Almeida, MyPhoto Press/Gazeta Press

Parece que a "barca" da demissão passou com tudo pelo tradicional clube brasileiro Guarani. Na tarde deste sábado, o perfil oficial da instituição anunciou a demissão do técnico Marcelo Chamusca. Além dele, o auxiliar Caio Autuori, o preparador de goleiros Silvano Austrália e o superintendente de futebol Michel Alves também foram demitidos. 

Esta era a segunda passagem de Chamusca pelo Guarani, por onde conduziu a equipe por apenas seis jogos. A primeira foi em 2016, quando chegou a conquistar o acesso à Série B com o Bugre. 

Leia a nota oficial na íntegra: 

"O Guarani definiu neste sábado (25) mudanças em sua comissão técnica e departamento de futebol para a sequência da temporada. O clube anuncia os desligamentos do técnico Marcelo Chamusca, do auxiliar Caio Autuori e do preparador de goleiros Silvano Austrália. Também deixa o clube o superintendente de futebol Michel Alves.

Após acesso com o Bugre em 2016, Marcelo Chamusca retornou ao clube acompanhado de Caio Autuori para sua segunda passagem e dirigiu o time em seis partidas, enquanto Silvano Austrália estava na equipe desde fevereiro do ano passado.

Já Michel Alves foi o responsável por comandar o departamento de futebol bugrino durante as últimas três temporadas, promovendo uma evolução administrativa e estrutural em setores importantes do clube.

O Guarani agradece o empenho apresentado pelos profissionais durante todo o tempo em que representaram a instituição e deseja sorte e sucesso na sequência da carreira.

A partir de agora, o Conselho de Administração trabalha na busca de novos nomes para os cargos vagos na comissão técnica e na superintendência de futebol."

Comentários