Futebol Brasileiro

Inter emite nota oficial sobre possível caso de racismo no Beira-Rio: 'Inadmissível'

Volante Edenilson acusa Rafael Ramos, do Corinthians, de o ter chamado de 'macaco' no Beira-Rio. Depois da partida, o jogador colorado prestou depoimento e registrou o incidente junto à Polícia Civil

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Edenilson acusa Rafael Ramos de racismo I Foto: Raul Pereira / Photo Premium / Gazeta Press

Edenilson acusa Rafael Ramos de racismo I Foto: Raul Pereira / Photo Premium / Gazeta Press

O Internacional emitiu uma nota oficial, na noite deste sábado (14), sobre a acusação de injúria racial dentro de campo na partida contra o Corinthians, no Beira-Rio. Na ocasição, o volante colorado Edenilson afirmou que o lateral Rafael Ramos, do Timão, teria o chamado de "macaco". O clube gaúcho lamentou o episódio e repudiou qualquer ato de preconceito.

Depois da partida, o jogador colorado prestou depoimento e registrou o incidente junto à Polícia Civil. O Sport Club Internacional informou que acompanha o caso de perto, oferecendo todo o suporte ao atleta e auxiliando na averiguação dos fatos.

Confira a nota do Inter na íntegra:

"Mais uma vez, um lamentável caso de racismo é registrado em nosso futebol. Desta vez, em nossa casa, contra um jogador do Inter. Na partida deste sábado, pelo Brasileirão, Edenilson relata ter sofrido injúria racial por parte de Rafael Ramos, atleta do Corinthians.

É inadmissível que ainda ocorram fatos desse tipo em 2022, não há espaço para o racismo em nossa sociedade. O Clube do Povo reitera que repudia todo e qualquer ato de preconceito e apoia o seu atleta. #PorMaisRespeito"

Veja o comunicado:

Comentários