Futebol Brasileiro

Internacional rompe contrato com Matheus Monteiro e Luiz Vinicius

Jogadores foram desligados após vazamento de vídeo em que mostra Matheus sugerindo que teria dopado uma mulher em festa; Luiz Vinicius seria responsável pela filmagem e divulgação

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Jogador Matheus Monteiro no vídeo que viralizou nas redes sociais.(Imagem: Reprodução/Internet)

Jogador Matheus Monteiro no vídeo que viralizou nas redes sociais. | Imagem: Reprodução/Internet

Na manhã desta terça-feira (01), o Sport Club Internacional comunicou o término da relação contratual dos atletas Matheus Monteiro e Luiz Vinicius, ambos da categoria sub-20. A informação foi confirmada pela reportagem do Esporte Interativo.

Os atletas estão envolvidos no vídeo em que Matheus sugere que teria dopado uma mulher em uma festa. Luiz Vinicius seria responsável pela filmagem e divulgação.

 

Eu coloquei uma bala no copo dela, e ela ficou daquele jeito. Nem se ligou na cena, ela bebendo aqui, eu peguei o copo dela, quebrei um pedacinho e larguei ali. Ela ficou mal. E eu 'pã' (maõs batendo) e  entrei para o quarto, ela de lá (vídeo é interrompido)", afirmou o atleta em publicação.

O conteúdo vazou nas redes sociais na última segunda-feira (30) e levantou muitas discussões de torcedores, além de pedidos de posicionamento do clube do Rio Grande do Sul.

Matheus é responsável por três gols na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano - onde o Internacional se tornou campeão. 

 
Posicionamento de Thiago Galhardo

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (01), o atacante e artilheiro do Campeonato Brasileiro, Thiago Galhardo, comentou sobre a situação que envolveu os dois jogadores que faziam parte do sub-20 do Internacional, principalmente, Matheus Monteiro.

Nós jogadores lamentamos, ele é ser humano, errou, ele tem que pagar, ter as consequências dele. Eu acho que o principal disso tudo é nós termos consciência de que somos jogadores de futebol, atletas profissionais, formadores de opinião. Ao falar aquilo ele sabia, independente de quem estava, se estava sendo filmado ou não, já era um erro, sabendo que estava sendo filmado ainda mais. Lamento, porque é um grande jogador, já treinou com a gente aqui, tinha futuro brilhante, espero que ele possa ter uma chance, foi um erro, é um garoto. Não estou passando a mão na cabeça de ninguém. Foi um erro, tem que pagar por isso. Eu fico triste, triste porque isso afeta a nossa profissão como atletas, mal vistos no mercado e não é isso que queremos passar, pelo contrário. Espero que nossa classe possa passar tudo aquilo de positivo".

O jogador ainda reforçou que, pelo momento que o Internacional vive, espera que este caso não se torne prejudicial para insituição. Além disso, finalizou se desculpando em nome de todos:

"Torcer para que ele consiga resolver da melhor maneira possível, pedir desculpas em nome de todos nós atletas do Internacional para que isso possa seguir de uma forma não prejudicial para nós, pelo momento que vivemos", concluiu.

Comentários