Futebol Brasileiro

Investidores do Genoa, da Itália, têm interesse na compra do Vasco

Segundo jornal estadunidense 'Bloomberg', o grupo de investidores intitulado "777 Partners" iniciou conversas com o clube brasileiro

Por Larissa Carvalho

Estádio São Januário, do Vasco(Maga Jr, O Fotografico/Gazeta Press)

Estádio São Januário, do Vasco | Maga Jr, O Fotografico/Gazeta Press

Após a mudança na lei brasileira favorecendo a transformação dos times de futebol em clubes-empresa, investidores estrangeiros voltam os olhares ao Brasil. Segundo o veículo estadunidense 'Bloomberg', o grupo de investimento "777 Partners", dono do Genoa, da Itália, sinalizou interesse pela compra do Vasco e já entrou em contato com o clube. 

Ainda conforme afirma o site, a empresa já iniciou conversas junto ao Gigante da Colina para tratar do assunto. Outro grupo de investidores, o "DaGrosa Capital Partners", também mira o futebol brasileiro e já iniciou conversas com o América-MG.

Recentemente, dois grandes clubes nacionais tornaram-se "SAF" (Sociedade Anônima de Futebol). O Cruzeiro foi comprado pelo ex-jogador de futebol Ronaldo Fenômeno, e o Botafogo pelo investidor estadunidense John Textor. 

A reportagem da TNT Sports entrou em contato com a assessoria institucional do Vasco da Gama, que emitiu uma nota:

"Em apenas poucos meses de vigência da Lei da SAF, o investimento privado já se tornou realidade no futebol brasileiro. Entendemos que o mercado passará por profundas mudanças nos próximos meses, e o custo de oportunidade de fechar as portas para essa nova realidade é muito alto. 


O Vasco é o único clube de abrangência nacional que demonstrou intenção de se organizar como SAF, o que naturalmente tem atraído interesse de potenciais investidores. Havendo propostas que sejam interessantes para o clube e que assegurem a competitividade do Vasco entre as grandes equipes do país, que é o seu lugar de direito, elas serão submetidas aos órgãos internos do clube para análise e decisão dos sócios."

Comentários