Futebol Brasileiro

Justiça determina penhora do troféu da Libertadores do Vasco, conquistado em 1998

Ação foi movida pela defesa de Nick Okorie, ala-armador do antigo time de basquete do Vasco

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Vasco conquistou a Libertadores da América em 1998 I Foto: Nathalia Aguilar/Getty Images

Vasco conquistou a Libertadores da América em 1998 I Foto: Nathalia Aguilar/Getty Images

A Justiça determinou, na última quinta-feira (11), a expedição de mandado de penhora e avaliação da taça da Copa Libertadores conquistada pelo Vasco da Gama em 1998. A determinação foi feita pelo juiz substituto Ronaldo Santos Resende, da 78ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). A informação é do 'Esporte News Mundo'.

Segundo a publicação, a ação foi movida por Nick Okorie, ala-armador do antigo time de basquete do Vasco. O atleta defendeu o Gigante da Colina entre outubro de 2018 e abril de 2019. Na ação, Nick cobrava dívida de R$ 117.734,40, referente a férias, salário, FGTS e multas.

Em setembro de 2020, clube e jogador chegaram a um acordo no valor de R$ 42 mil, dividido em dez parcelas. No entanto, nem a primeira parcela foi paga. Com isso, a defesa de Nick Okorie, em juízo, solicitou a penhora de bem, especificamente a do troféu da Libertadores. O Vasco ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

Comentários