Futebol Brasileiro

Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino, fala sobre sondagem da Europa: 'Não coloco como obsessão'

Jogador recebeu interesses de Lyon e Galatasaray, mas as negociações não avançaram

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Léo Ortiz em campo pela Sul-Americana(Nelson Almeida/Getty Images)

Léo Ortiz em campo pela Sul-Americana | Nelson Almeida/Getty Images

Léo Ortiz, zagueiro do Red Bull Bragantino, é um dos destaques do time na ascensão no futebol brasileiro desde a última temporada, disputando vaga na final da Sul-Americana deste ano e ocupando o G4 do Campeonato Brasileiro. Por isso, despertou interesse de clubes europeus, como Galatasaray e Lyon.

Quer assistir a jogos exclusivos do Brasileirão 2021 por apenas R$13,90/mês? Então, clique aqui!

Em entrevista ao 'Lance!', o jogador declarou que ficou feliz com as sondagens, apesar de não terem se materializado em propostas, mas ressaltou que deixa essas situações aos seus representantes. Além disso, Léo Ortiz afirmou que não será uma frustração caso não jogue na Europa, pois apesar de ser um desejo, não é uma obsessão.

Fico muito feliz quando acontecem essas coisas, mas eu procuro deixar para o meu empresário. Estou em um clube com uma estrutura fantástica, competindo de igual para igual com os grandes. Sempre disse que tenho a vontade de jogar na Europa, mas não coloco como obsessão, não vou me frustrar se isso não acontecer, mas é algo que eu trabalho. Assim como a busca por retornar à Seleção, ir para a Europa vai na mesma linha, de estar em um alto nível. Se for para acontecer, vai acontecer. Eu tenho que continuar o meu trabalho e evoluir cada vez mais".

No assunto de seleção brasileira, o zagueiro de 25 anos foi convocado por Tite na última Copa América após Felipe, do Atlético de Madrid, ser cortado por lesão no joelho. Para ele, foi uma "oportunidade sensacional".

"Foi uma experiência incrível para mim, poder conviver com caras que eu admiro e acompanho como referências, como Thiago Silva e Marquinhos. Eles estão em um alto nível há bastante tempo. É bom estar junto deles e adquirir esse tipo de experiência. Foi de extrema importância essa convocação, ainda mais sendo em uma competição tão grande como a Copa América. Vivenciar esse ambiente de seleção foi um aprendizado muito grande e eu vou levar para o resto da minha carreira", finalizou Ortiz.

 
Comentários