Futebol Brasileiro

Marinho detona a diretoria do Santos e diz que fica até dezembro: 'Quero procurar algo pra minha vida'

Em live com o jornalista Ademir Quintino, Marinho reclamou da não procura da diretoria para renovar seu contrato e afirmou querer sair do Santos em 2022

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Marinho em ação pelo Santos, no Campeonato Brasileiro(2021 Getty Images)

Marinho em ação pelo Santos, no Campeonato Brasileiro | 2021 Getty Images

Afastado dos gramados por conta de uma lesão, o atacante Marinho detonou a diretoria do Santos em entrevista, nesta terça-feira (07), ao canal do jornalista Ademir Quintino.

Quer assistir aos jogos do Brasileirão 2021 por apenas 13,90/mês? Clique aqui!

O camisa 11 reclamou do tratamento dado ao jogador pelos diretores santistas, que não teriam lhe oferecido uma renovação contratual, mesmo após a temporada de 2020, na qual ele terminou como "Rei da América" depois do vice-campeonato da Libertadores.

"Nesses dois anos, ninguém me chamou pra renovar. Quando perguntei sobre isso, disseram que não tinha condições. Vi Soteldo saindo, Luan Peres, Veríssimo, Alison, Pituca... por que eu não posso sair também?", indagou Marinho, afirmando que deve deixar o Peixe em 2022, assim que a temporada terminar.

"Eu estou fechado até dezembro. Eu quero sair pela porta da frente com o clube ganhando dinheiro. É um momento que eu preciso. Se me bloquearem de novo para eu não sair, eu fico. Não oferecem um plano de carreira pra mim. Falei para ao presidente: quero estar focado aqui, mas depois do Brasileiro, no ano que vem, quero procurar algo pra minha vida", completou.

Perguntado se teria recebido propostas de Palmeiras e Atlético Mineiro recentemente, o camisa 11 santista confirmou a procura.

"Sim, certo [recebi]. Mas foram recusadas. Se as propostas foram recusadas, é porque o presidente viu que não era o momento de sair. Faltou um título. Sigo firme aqui. Vou me dedicar até o último dia. Que a gente possa voltar às vitórias", finalizou.

Marinho tem contrato com o Santos até 31 de dezembro de 2022 e, a partir de junho do ano que vem, já poderá assinar um pré-vínculo com qualquer outro time.

Comentários