Imagem ilustrativa na TNT Sports

É agora que a história é escrita! Assista a TODOS os jogos do mata-mata da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Futebol Brasileiro

Na mira do Flamengo, Tite tem retrospecto acima de 60% nos últimos trabalhos

Ex-treinador da Seleção Brasileira está livre no mercado e recebeu contatos do Flamengo para assumir o cargo de Sampaoli

Tite recebeu contatos do Flamengo para assumir o lugar de Sampaoli
Tite recebeu contatos do Flamengo para assumir o lugar de Sampaoli - Justin Setterfield (Getty Images)

Por Redação da TNT Sports

Após o vice-campeonato da Copa do Brasil, ocorrido neste domingo (25), contra o São Paulo, o Flamengo está avaliando novos nomes para o comando de futebol e entrou em contato com Tite, ex-treinador da Seleção Brasileira. O nome do comandante é o favorito para assumir o cargo de Sampaoli no Rubro-Negro. A TNT Sports Brasil reuniu os dados dos últimos trabalhos do comandante e o retrospecto é positivo.

CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DO FLAMENGO DA TNT NO WHATSAPP!

No trabalhos pelo Corinthians, de 2010 a 2016, Tite teve um aproveitamento superior a 60%. Enquanto que na Seleção Brasileira, trabalho mais recente, o número é ainda maior com 80,2%. O número é considerado muito positivo se comparado aos últimos treinadores do Flamengo, uma vez que apenas Jorge Jesus ultrapassou a barreira dos 80% de aproveitamento. O Mister teve 81%.

De 2019 em diante, outros vieram e não tiveram o mesmo aproveitamento: Renato Portaluppi (72%), Dorival Júnior (66%), Paulo Sousa (66%), Domenec Torrent (59%), Rogério Ceni (59%), Vítor Pereira (51%).

Tite na Seleção:

Tite foi um dos treinadores com maior aproveitamento na Seleção Brasileira. Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Tite foi um dos treinadores com maior aproveitamento na Seleção Brasileira. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Apesar de não ter conquistado a Copa do Mundo, o trabalho de Tite na Seleção Brasileira é considerado muito positivo. Ao todo, foram cinco anos no comando da Amarelinha, com 81 partidas, 60 vitórias, 15 empates e apenas seis derrotas, sendo três delas em torneios oficiais.

O Brasil foi derrotado pela Bélgica por 2 a 1 na Copa do Mundo de 2018, pela Argentina na final da Copa América 2021 por 1 a 0 e por Camarões na fase de grupos da Copa do Mundo de 2022 por 1 a 0. O aproveitamento do treinador foi de 80,2%, o que lhe rendeu o posto de segundo maior aproveitamento da história da seleção Canarinho.

Falando de títulos, o comandante ergueu apenas a Copa América de 2019.

Tite no Corinthians:

No Corinthians, o trabalho de Tite foi dividido em três passagens. A primeira entre 2004 e 2005, quando assumiu a equipe na beira do rebaixamento e levou até o quinto lugar no Campeonato Brasileiro, e as outras mais marcantes entre 2010 a 2013, quando foi campeão do Brasileirão, da Libertadores, Recopa, Paulista e do Mundial de Clubes, e a última entre 2015 e 2016 quando venceu novamente o Brasileirão com o Timão.

Ao todo, foram 378 partidas, com 196 vitórias, 110 empates e 72 derrotas, o que lhe rendeu um aproveitamento de 61,55%.

Tite venceu duas vezes o Brasileirão, uma Libertadores e o Mundial pelo Corinthians. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Tite venceu duas vezes o Brasileirão, uma Libertadores e o Mundial pelo Corinthians. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Depois que deixou a Seleção Brasileira, no fim da Copa do Mundo de 2022, Tite tinha o objetivo de assumir algum clube europeu, mas a temporada, que se iniciou há mais de um mês, não veio com propostas que agradaram ao comandante.

Ao saber do interesse do Flamengo, o técnico se mostrou disposto a voltar a trabalhar no Brasil, apesar disso ainda não há acerto entre o clube e o treinador, que pretende assumir um novo trabalho somente em 2024. A ideia dos cariocas é por um começo imediato.

Mais Vistas