Futebol Brasileiro

'Não importa o quanto vocês me odeiem, eu sou grato', afirma Honda, ex-Botafogo

Após pedir para deixar o Alvinegro, japonês realizou uma confraternização com alguns jogadores do clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Honda usou seu perfil no Twitter para se desculpar I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Honda usou seu perfil no Twitter para se desculpar I Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

No dia 28 de dezembro, os torcedores do Botafogo se surpreenderam com o pedido de rescisão de contrato do meia Keisuke Honda. Dois dias depois, o japonês realizou uma confraternização de despedida com a presença de alguns jogadores do Alvinegro, mas que só veio à tona nesta semana. Após críticas de torcedores, o atleta usou seu perfil no Twitter para mandar um recado aos torcedores e se desculpar com os ex-companheiros de time.

Não importa o quanto vocês me odeiem, eu sou grato".

"Desculpa aos amigos do Botafogo que foram criticados porque foram ao meu primeiro e último almoço, mas eu agradeço por terem me visitado", publicou Honda.

O atleta de 34 anos, que tinha vínculo com o Alvinegro até o fim do Brasileirão, no dia 24 de fevereiro, deve se transferir para o Portimonense, de Portugal. Keisuke Honda chegou ao Botafogo em janeiro de 2020 com peso de grande contratação do clube. No total, o jogador tem três gols em 27 jogos.

Comentários