Futebol Brasileiro

Ouvidoria de Arbitragem da CBF admite erro de juiz contra o Bahia diante do São Paulo

Parecer da Ouvidoria cita que o árbitro Sávio Pereira Sampaio não corrigiu seu erro, mesmo diante das 'evidências do vídeo'

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Bahia reclamou muito da arbitragem de Sávio Pereira Sampaio(Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press)

Bahia reclamou muito da arbitragem de Sávio Pereira Sampaio | Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press

A Ouvidoria de Arbitragem da CBF divulgou um parecer, redigido na última terça-feira (09), no qual admite que o Bahia foi prejudicado em partida contra o São Paulo, indicando que o árbitro Sávio Pereira Sampaio errou ao não marcar pênalti de Miranda em Juninho Capixaba.

"O defensor, ainda que não de modo deliberado, pisou claramente no pé do atacante e em ponto distante da bola, o que, por si só, tendo em vista o efeito produzido – queda do atacante e perda da possibilidade de jogar a bola – caracterizou a falta, no mínimo por imprudência, considerando a força da ação. (...) Tiro penal sem dúvida, não marcado."

O documento, assinado pelo ouvidor Manoel Serapião Filho, ressalta ainda que o árbitro Sávio Pereira Sampaio não poderia ter postura de resistência contra "evidências do vídeo" e será orientado pela Comissão futuramente.

"Em que pese todas essas circunstâncias, embora os árbitros devam estar preparados para analisar todos os lances, principalmente os complexos, porquanto os fáceis não exigem expertise, ainda é possível compreender, mas não aceitar, a decisão inicial do árbitro. Todavia, não corrigir seu erro diante das evidências do vídeo impossibilita que haja tal compreensão. Disso resulta que o árbitro deve ser orientado pela Comissão, por meio da Escola de Arbitragem da CBF, como analisar os lances da espécie e, sobretudo, para proceder às revisões considerando as evidencias das imagens e, o que é indispensável, sem postura mental nem de resistência, tampouco de mudar sua decisão só porque a revisão foi recomendada pelo VAR. As evidências, repita-se, sem preocupação com as primeiras impressões, são que devem prevalecer".

Após a partida, que terminou com vitória do Bahia na Itaipava Arena Fonte Nova, o clube baiano havia emitido uma nota oficial protestando contra a CBF e a atuação da equipe de arbitragem na partida

Comentários