Futebol Brasileiro

Palmeiras terá de pagar R$ 48 milhões pela compra do volante Wesley

Antenor Angeloni, ex-presidente do Criciúma, foi o fiador do Alviverde na contratação do jogador ainda em 2012, quando ele estava no Werder Bremen, da Alemanha 

Avatar del

Por TNT Sports

Wesley atuou pelo Palmeiras entre os anos de 2012 e 2014(Getty Images)

Wesley atuou pelo Palmeiras entre os anos de 2012 e 2014 | Getty Images

O Palmeiras acertou, nesta quarta-feira (07), como será o pagamento de R$ 48 milhões a Antenor Angeloni, ex-presidente do Criciúma, que foi o fiador da contratação do volante Wesley, ainda em 2012. A informação inicial é do 'ge.com' e foi confirmada pela reportagem da TNT Sports.

Quer assistir a todos os jogos da Champions League e à maior cobertura do Campeonato Italiano? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

O clube alviverde utilizará os R$ 20 milhões da venda de Moisés ao Shandong Luneng, que estavam bloqueados, e pagará o restante em outras 20 parcelas. A dívida era avaliada em R$ 60 milhões, mas o valor foi reajustado após as negociações com Angeloni.

À época em que fechou a contratação de Wesley, junto ao Werder Bremen, da Alemanha, o Palmeiras tentou realizar uma "vaquinha" online com a ajuda dos torcedores, mas o valor arrecadado não foi o bastante para garantir a compra. A quantia total paga aos alemães foi de R$ 21 milhões, com o aporte financeiro do ex-presidente do Criciúma.

Atualmente no CRB, Wesley atuou no Verdão entre os anos de 2012 e 2014, com 102 jogos e 12 gols marcados, antes de se mudar para o rival São Paulo.

Comentários