Futebol Brasileiro

Prefeitura do Rio projeta torcida de volta aos estádios no início de setembro

O retorno gradativo aconteceria com 50% da capacidade do estádio liberada e 100% no mês seguinte, em outubro, quando os estádios estariam liberados para lotação máxima

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Estádio Mário Filho - Maracanã(Allan Carvalho/NurPhoto)

Estádio Mário Filho - Maracanã | Allan Carvalho/NurPhoto

A pandemia de Covid-19 que assola o mundo ainda não chegou ao fim e tivemos que aprender a viver de uma nova forma para conviver com essa doença que deixou mais de meio milhão de mortos no Brasil até aqui. Fazia parte de uma dessas medidas de proteção a falta de torcedores nos estádios de futebol, que estão vazios há mais de um ano.

No entanto, alguns estados do país estão liberando gradativamente o retorno de público nos jogos de futebol e o Rio de Janeiro é mais uma cidade que já tem previsão da volta da torcida. A prefeitura do Rio divulgou uma projeção com as novas medidas do plano municipal de combate ao coronavírus.

A ideia é que em 2 de setembro os estádios já possam receber metade (50%) de sua capacidade total. Pare acessar aos jogos, é necessário estar vacinado com as duas doses da vacina (ou dose única no caso da vacina da Janssen), usar máscara e fazer uso de álcool gel.

Além disso, a prefeitura também projeta conseguir lotação máxima nos estádios (100% da capacidade) já no mês seguinte após essa liberação, no dia 17 de outubro, também com a mesma necessidade das vacinas, máscara e álcool gel. 

O esquema também revela que a partir de 15 de novembro, o uso de máscara será obrigatório somente em transportes públicos e em estabelecimentos de saúde, como clínicas e hospitais. A circulação será livre, sem restrições de capacidade ou distanciamento. 

As medidas não se aplicam só aos jogos de futebol, mas também boates, danceterias e outros bares e casas noturnas, com as mesmas datas e restrições dos estádios. Aos poucos, as prefeituras do Brasil vão fazendo com que a vida volte ao normal, com o avanço da vacinação da população no dia a dia. 

A prefeitura divulgou também a projeção da imunização da cidade. Em 2 de setembro, na primeira etapa do fim das restrições, estima-se que 45% da população esteja vacinada com as duas doses e 77% com a primeira. Na segunta etapa, em 17 de outubro, 65% da população deve estar vacinada com as duas doses e 79% com a primeira.

Em 15 de novembro, quando as restrições ficam mais livres, 80% deve estar com a primeira dose e 75% com as duas doses. Vale ressaltar que esses números dizem respeito apenas a cidade do Rio de Janeiro. 

Segundo a prefeitura, o Rio já vacinou 3.829.586 adultos com a primeira dose da vacina, que equivale à 73% da população. A meta imposta é alcançar o número de 4.751.823 adultos com a primeira dose, ou seja, ao menos 90% da população adulta.

Veja o planejamento da prefeitura:

Reprodução / Prefeitura do Rio
Comentários