Futebol Brasileiro

Presidente do Atlético-MG diz que clube pode ser obrigado a vender patrimônio para conter dívida

Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG, falou que time só alcançará os resultados financeiros necessários caso o time seja protagonista nos campeonatos

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Atlético-MG tem dívida avaliada em cerca de 1 bilhão de reais(Pedro Souza / Atlético)

Atlético-MG tem dívida avaliada em cerca de 1 bilhão de reais | Pedro Souza / Atlético

Com a dívida batendo perto de 1 bilhão de reais, o Atlético-MG vive uma situação financeira complicada. E o presidente do Galo, Sérgio Coelho, afirmou que a equipe pode precisar vender parte de suas propriedades para sanear as contas da instituição.

Quer assistir a todos os jogos da Champions League e a maior cobertura do Campeonato Italiano? Então, clique aqui e assine o Estádio TNT Sports!

"Se puder evitar (vender), é o melhor. Desfazer de patrimônio nunca é bom. Me incomoda muito. Mas se tiver que acontecer, irá acontecer. Claro que o presidente não vende nada, é o Conselho que autoriza ou não a venda. Primeiro, precisamos ver se será necessário propor isso ao conselho. Espero que não seja preciso. O resultado financeiro que temos que alcançar só será possível se o time for protagonista dos campeonatos. É dessa forma que iremos conseguir aumentar as nossas receitas", afirmou em entrevista à rádio 'Itatiaia'.

Apesar da situação financeira complicada, o Galo manteve o alto nível nas contratações para a temporada 2021, trazendo jogadores como Hulk e Nacho Fernández. Atualmente, segundo o site especializado 'Transfermarkt', o Atlético-MG tem o terceiro elenco mais valioso entre os times da Série A do Brasileirão, ficando atrás apenas de Palmeiras e Flamengo.

 
Tiago Nunes elogia estrangeiros, mas pede: 'A gente pode proteger mais os treinadores do Brasil'
Comentários